Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Lousada respira tradição

Paisagens e beleza natural são cartões de visita.
Aureliana Gomes 7 de Maio de 2018 às 04:31
Capela do Senhor dos Aflitos, em Lousada
Torre de Vilar
Parque Urbano Mário Fonseca
Ecopista em Lousada
Capela do Senhor dos Aflitos, em Lousada
Torre de Vilar
Parque Urbano Mário Fonseca
Ecopista em Lousada
Capela do Senhor dos Aflitos, em Lousada
Torre de Vilar
Parque Urbano Mário Fonseca
Ecopista em Lousada
Banhado pelos rios Sousa e Mesio, o concelho de Lousada é considerado o coração do Vale do Sousa. Terra de grande beleza paisagística, é também a vila com a população mais jovem do País.

Localizada a cerca de 45 quilómetros do Porto, Lousada tem cerca de 50 mil habitantes, distribuídos por 25 freguesias. Ponto de referência da Rota do Românico, apresenta seis monumentos de origem românica que marcam pela sua beleza e opulência. Entre eles a Torre de Vilar, situada na freguesia de Torno. Com 14 metros de altura, a construção do século XIII está implantada no topo de um outeiro e insere-se como um modelo das primeiras torres senhoriais do País. Mas há muito mais para ver e visitar na vila.

As capelas e ermidas conservam as devoções de caráter mais popular, das quais se destacam a do Senhor dos Aflitos, bem no centro de Lousada. De feição barroca, apresenta-se como um postal ilustrado da vila com uma escadaria exponencial. A par da capela, pode apreciar o jardim do monte do Senhor dos Aflitos, uma zona arborizada com árvores centenárias, dois parques infantis, um lago com repuxos e espaços para passear.

Ao sair da vila, outro dos ex-líbris é o Santuário de Nossa Senhora da Aparecida, em Vilar de Torno e Alentém. Todos os anos, por altura da romaria, em pleno mês de agosto, milhares de forasteiros visitam a igreja e participam, no dia 15, na secular procissão conhecida pelos imponentes andores com mais de 20 metros de altura e já inscritos no livro do Guiness.

Num concelho muito ligado ao desporto e à prática desportiva, Lousada apresenta, às portas da cidade, o Parque Urbano Dr. Mário Fonseca. Com uma área de 2,5 hectares, é composto por um verde contínuo com maciços e pontuações arbóreas. Com uma área florestal de cerca de 1,4 hectares, o parque tem vários trilhos que convidam ao passeio e ao exercício físico. Para quem gosta de caminhar, pode fazê-lo na ecopista da vila. Com uma extensão de quatro quilómetros, o circuito pedonal vai desde a rotunda junto à avenida de Renteria com passagem pelo Complexo Desportivo Municipal. Trata-se de um percurso de cariz suburbano, no qual os caminhantes são surpreendidos por vistas panorâmicas, quer sob o vinhedos, casas rurais, ou centro da vila, quer sob os equipamentos desportivos.
Ver comentários