Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

No meio da natureza em Albergaria-a-Velha

Pateira de Frossos é um dos locais a não perder.
Ana Isabel Fonseca 27 de Julho de 2018 às 19:56
Aldeia de Vilarinho de São Roque situa-se entre o Rio Fílveda e uma serra
Cidade localiza-se no distrito de Aveiro e tem muitos segredos escondidos
Região destaca-se pelos muitos moinhos, em diversas localidades
Miradouro de São Julião permite ter uma bela vista sobre a região
Capela de nossa senhora do socorro atrai ainda hoje milhares de pessoas
Parque do areal, localizado em Angeja, situa-se bem junto ao Rio Vouga
Aldeia de Vilarinho de São Roque situa-se entre o Rio Fílveda e uma serra
Cidade localiza-se no distrito de Aveiro e tem muitos segredos escondidos
Região destaca-se pelos muitos moinhos, em diversas localidades
Miradouro de São Julião permite ter uma bela vista sobre a região
Capela de nossa senhora do socorro atrai ainda hoje milhares de pessoas
Parque do areal, localizado em Angeja, situa-se bem junto ao Rio Vouga
Aldeia de Vilarinho de São Roque situa-se entre o Rio Fílveda e uma serra
Cidade localiza-se no distrito de Aveiro e tem muitos segredos escondidos
Região destaca-se pelos muitos moinhos, em diversas localidades
Miradouro de São Julião permite ter uma bela vista sobre a região
Capela de nossa senhora do socorro atrai ainda hoje milhares de pessoas
Parque do areal, localizado em Angeja, situa-se bem junto ao Rio Vouga
Situada no distrito de Aveiro, a cidade de Albergaria-a-Velha é muito mais do que aquilo que aparenta à primeira vista. Esta região esconde verdadeiros paraísos inseridos no meio da natureza que convidam, sem dúvida alguma, a uma visita mais demorada.

A Pateira de Frossos será talvez um dos melhores exemplos daquilo que é Albergaria-a-Velha. Trata-se de um espelho de água que se forma nos terrenos baixos do Vouga e que está rodeado de pastagens verdejantes. É possível ali avistar cegonhas ou garças, até mesmo vacas e cavalos a repousarem ao sol.

O ideal será depois partir à descoberta da aldeia de Vilarinho de São Roque. A beleza nesta localidade é contagiante, uma vez que está situada entre o rio Fílveda e a serra do Arestral. As tradições da aldeia, com origem no século XVI, estão bem preservadas. É o caso da capela ali existente, dos espigueiros, das eiras e canastras e do lavadouro público. Também em Vilarinho de São Roque pode subir até ao Miradouro de São Julião, que oferece uma bela vista panorâmica sobre toda a região.

Não perca também a oportunidade de visitar, ali bem perto, a Capela de Nossa Senhora do Socorro, que foi erguida em 1856 como forma de agradecimento pela proteção durante um grande surto de cólera no Concelho de Albergaria-a-Velha. A grande fama dos milagres desta Santa atrai ainda hoje em dia milhares de pessoas para aquele local.

Uma visita à cidade impõe também que se conheçam os moinhos da região, uma vez que Albergaria-a-Velha é mesmo o concelho com mais moinhos inventariados da Europa. Existem nove núcleos num total de 12 moinhos com 17 casais de mós, que podemos ficar a conhecer através de uma rota. Estes moinhos mostram que esta é uma terra de tradições, onde o pão e a água sempre tiveram um papel importante.

Depois de conhecer um pouco mais da história da região pode seguir até ao parque do Areal, situado em Angeja, e onde reina a serenidade. O espaço situa-se junto ao rio Vouga e é um local ideal para fazer um piquenique. Aqui encontra também um pequeno percurso pedestre.

Não deixe também de visitar o centro da cidade, onde poderá apreciar algumas obras arquitetónicas, e terminar a viagem num esplanada a apreciar um belo fim de tarde. 

Conhecida pelas enguias, lampreia, leitão e turcos
A cidade é também conhecida pela sua gastronomia. Pratos como as enguias, a lampreia, os rojões e o leitão assado são muito procurados na região. Em termos de doçaria, destacam-se, sem dúvida alguma, os tradicionais turcos, doces regionais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)