Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Vale de Cambra, uma terra marcada por paisagens belas

Serra da Freita, a aldeia de Trebilhadouro e a praia fluvial de Burgães são alguns dos locais a não perder.
Ana Isabel Fonseca 28 de Junho de 2018 às 18:39
Praia fluvial de Burgães convida a momentos em família
Santuário de Nossa Senhora da Saúde
Albufeira da barragem do engenheiro Duarte Pacheco
Serra da Freita estende-se até Arouca
Centro da cidade de Vale de Cambra
Aldeia de Trebilhadouro atrai muitos visitantes
Praia fluvial de Burgães convida a momentos em família
Santuário de Nossa Senhora da Saúde
Albufeira da barragem do engenheiro Duarte Pacheco
Serra da Freita estende-se até Arouca
Centro da cidade de Vale de Cambra
Aldeia de Trebilhadouro atrai muitos visitantes
Praia fluvial de Burgães convida a momentos em família
Santuário de Nossa Senhora da Saúde
Albufeira da barragem do engenheiro Duarte Pacheco
Serra da Freita estende-se até Arouca
Centro da cidade de Vale de Cambra
Aldeia de Trebilhadouro atrai muitos visitantes
Vale de Cambra é um autêntico vale mágico, onde a natureza tem uma beleza absolutamente inebriante. Quer seja pelas cascatas, pelas albufeiras, pelas serras ou até pelas aldeias ancestrais, esta é, sem dúvida alguma, uma região que merece ser visitada.

A sugestão é que comece precisamente por se embrenhar no meio do verde das paisagens. Vá até à serra da Freita e desfrute de uns momentos de tranquilidade. Esta serra estende-se até Arouca e é lá que pode encontrar algumas aldeias ainda muito características. É o caso, por exemplo, da aldeia de Trebilhadouro, que se situa a 625 metros de altitude.

Esta aldeia mantém a tradicional casa rural portuguesa em pedra granítica, material que também foi utilizado na construção dos caminhos. As eiras, os canastros, o tanque público e a fonte dão conta aos visitantes do espírito comunitário que se vivia em outros tempos. A beleza deste local leva a que tenham sido muitas as unidades de turismo que por ali cresceram.

O ideal será, depois, seguir para a localidade de Cepelos, onde poderá encontrar o conjunto de gravuras rupestres de Outeiro dos Riscos. É formado por dois afloramentos graníticos e terá obtido a designação de Riscos pelos traços e riscos abertos nas respetivas faces, ao que tudo indica, entre o Neo-calcolítico e a Idade do Bronze. Este foi, aliás, considerado como sendo um Sítio de Interesse Público.

Para quem quiser conhecer ainda um pouco do património arquitetónico desta cidade, pode visitar o Santuário de Nossa Senhora da Saúde, em Gestoso, que foi erguido no século XVIII e que se destaca por ter uma torre, que mede 28 metros. O santuário está inserido num dos muitos percursos pedestres que pode fazer.

Nos dias mais quentes, os visitantes podem sempre dirigir-se até à praia fluvial de Burgães e apreciar a frescura das águas do rio Caima. É o local ideal para desfrutar de uns momentos em família, sendo que os mais pequenos podem ainda ter algum tempo de diversão no parque infantil ali existente.

Quem visita Vale de Cambra tem ainda, obrigatoriamente, de ir até à Albufeira da Barragem Engenheiro Duarte Pacheco. É uma zona ideal para a prática de alguns desportos aquáticos e ali existem algumas espécies de peixes como truta, boga e barbo do norte.

Não deixe também de visitar o centro de Vale de Cambra, onde pode visitar alguns museus e ficar a conhecer um pouco da história da região. 

Uma longa tradição na produção de vinho verde
Vale de Cambra tem também uma longa tradição na produção de vinhos verdes. Ao longo de séculos, os viticultores e adegas foram introduzindo novas castas, aperfeiçoando os métodos de produção e inovando as técnicas de engarrafamento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)