Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Dor de burro, o pesadelo dos atletas

Todos os amantes da atividade física conhecem esta condição.
Mário Figueiredo 26 de Julho de 2016 às 15:46
A dor de burro é o pesadelo de qualquer atleta
A dor de burro é o pesadelo de qualquer atleta FOTO: Getty Images
A dor de burro é o pesadelo de qualquer atleta. É aquela forte pontada abdominal que ataca durante a atividade física, nomeadamente na corrida. As dores são intensas e obrigam à paragem.

Todos os praticantes da corrida já sentiram esta dor, quer numa fase inicial da sua atividade, quer nas competições. Mas então o que é esta dor? Ninguém sabe ao certo a origem da designação ‘dor de burro’, mas já foram detetadas as suas causas.

Embora haja quem defenda que pode ser de origem psicológica, por surgirem quando o organismo está a produzir um grande esforço físico, a verdade é que pode ter três causas.

A primeira deve-se ao facto de o coração não conseguir bombear o necessário face ao esforço realizado, com o sangue venoso a bloquear a nível do fígado, no lado direito, ou no baço, no lado esquerdo. A solução passa por correr ao seu ritmo, sem exagerar, e fazer um bom aquecimento.

A segunda causa pode ser devido a uma dor muscular ou tendinosa dos abdominais ou à má irrigação do diafragma. Esta surge devido a uma ginástica abdominal incorreta. O aumento da atividade do diafragma durante o exercício físico tem um grande impacto cardiorrespiratório e faz com que a partir de um determinado momento o sangue não seja suficiente para suprir as necessidades metabólicas. Uma boa respiração ajuda a atenuar a dor.

A terceira causa poderá ter origem digestiva e pode surgir se não for cumprido o prazo para a digestão da refeição. Assim, deve evitar os refrigerantes (com gás) e laticínios. A fruta é uma boa alternativa.

Contudo, a dor de burro não é permanente. É forte, é verdade, mas passa. Abrande o ritmo, massaje o local e acerte a respiração. Uma coisa é certa, quem pratica com regularidade a corrida acaba, com o tempo e a prática, por deixar de sentir essa dor. É uma questão de treino e habituação. Bons treinos!
dor de burro atividade física exercício
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)