Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Estas são as corridas que vão pôr os portugueses a mexer em 2020

Novos praticantes cultivam o bem-estar físico, o contacto com a natureza e o convívio. ‘Meia’ da Ponte 25 de Abril é a grande responsável por esta evolução.
Mário Figueiredo 7 de Janeiro de 2020 às 18:00
Meia Maratona da Ponte 25 de Abril
Meia Maratona da Ponte 25 de Abril FOTO: Direitos Reservados
Mais atletas, mais corridas é igual a mais saúde. O arranque de 2020 é uma altura de traçar objetivos e fazer as habituais resoluções do novo ano.

A prática desportiva é a mais simples para cumprir pelo menos quatro delas. Mais saúde, um corpo mais definido, uma mente sã e a angariação de novos amigos. E estes são apenas alguns motivos que proporcionaram um ‘boom’ no movimento running.
Na origem dessa revolução está a meia-maratona de Lisboa.

A corrida da ponte 25 de Abril revolucionou o atletismo popular ao longo destes 30 anos. A travessia da ponte foi o catalisador deste movimento que reúne anualmente mais de 35 mil atletas. A criação da minimaratona (8 km) entre a praça da Portagem e Belém apadrinhou a maioria dos atuais atletas de pelotão, que todos os anos conta com elementos novos. E não é por acaso que, pela primeira vez, a mais de três meses e meio da competição (dia 22 de março) já foram atingidos 70 por cento das inscrições, limitadas a 35 mil participantes.

Mas esta corrida ajudou a dinamizar outras. A Meia-Maratona de Portugal, a da ponte Vasco da Gama (a realizar no dia 11 outubro), é um clone da ‘meia’ de Lisboa. São muitos os atletas que correm as duas.

Da meia à maratona
A consolidação destas meias-maratonas fez com que outras fossem realizadas de norte a sul. Rapidamente os 21 095 metros tornaram-se na rampa de lançamento para a mítica maratona (42 195 metros), a distância que colocou Portugal entre os melhores atletas do Mundo, com as medalhas olímpicas de Carlos Lopes (Los Angeles’84) e Rosa Mota (Seul, em 1988). Assim, cresceram as maratonas de Lisboa (11 de outubro, é realizada em simultâneo com a ‘meia’ de Portugal) e a do Porto (dia 8 de novembro).

Mulheres em força
Entre as provas que maior número de participantes têm registado estão as já tradicionais corridas da Mulher. Provas com um elevado cariz de solidariedade social que geram verdadeiros movimentos. Também aí, em Lisboa e no Porto, ambas têm lugar no dia 17 de maio e lideram em número de participantes (15 mil cada). Corrida e caminhada de apenas 5 km. Provas há muitas. Escolha a sua e faça desporto.
Lisboa Portugal Porto desporto atletismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)