Sub-categorias

Notícia

Aqui há galo

Saiba como fazer o galo de cabidela da ceia minhota.
Por Sónia Trigueirão|25.01.17
Aqui há galo
Foto Pedro Simões
Com o tempo mais frio apetece aquela comida quente e reconfortante. Tão reconfortante como os sabores que saem da cozinha do Restaurante e Cervejaria Ceia Minhota, em Lisboa. Maria da Luz Rodrigues, a cozinheira, sugere um galo de cabidela. A receita que aplica é antiga, tem tradição familiar. Vem da avó que fazia gosto em passar os seus ensinamentos para os netos.

Por isso, este galo é especial. Tão especial que a sua carne tem de marinar de um dia para o outro em alho picado, louro, sal, pimenta com um copo de vinho branco e outro de tinto.

Quando, no dia seguinte, vai à panela, num refogado de cebola, alho, salsa e louro, o cheirinho do cozinhado vai fazendo salivar até se juntar o arroz e, claro, o sangue do galo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!