Pernil, cozido e rabanadas fazem delícias dos clientes no Antunes

Mais de meio século de cozinha tradicional portuguesa num restaurante acolhedor localizado no centro do Porto.
Por Manuel Jorge Bento|05.12.18
  • partilhe
  • 4
  • +
A 13 de agosto de 1965, o espaço da adega ideal, que servia almoços a cinco escudos, transformava-se no restaurante Antunes.

Mais de meio século depois, esta casa da rua do Bonjardim, no centro do Porto, é um local de passagem obrigatória para degustar iguarias da cozinha tradicional portuguesa, como o pernil assado em forno a lenha, o cozido (às quintas-feiras), os rojões (às sextas), as tripas (às quartas) e o cabrito assado (aos sábados).

"Ainda faço as compras todas e sou muito rigorosa na qualidade. Dá muito trabalho, mas fico feliz porque os clientes saem satisfeitos", conta Maria Luísa, a mulher de 75 anos que chegou ao Porto ainda menina, vinda de Paços de Ferreira, e que, aos 21, abriu o restaurante com o marido, António Antunes - já falecido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!