Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

C-Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo Cofina. É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Sabe bem, faz bem! #sabebemfazbem

Em tempo de praia, refeições no frasco

Cinco refeições no frasco, e um doce para acompanhar, prontas a levar e comer na praia. Receitas e dicas práticas para dias deliciosamente descomplicados.
29 de Julho de 2019 às 11:13

Para quem não abdica de um almoço prazeroso sobre a toalha de praia ou para todos aqueles que embarcaram na aventura de uma dieta estival, aqui fica o convite para mergulhar no maravilhoso mundo das refeições no frasco. Saciantes, deliciosas e económicas, ainda vêm com um bónus: são superfáceis de transportar.

Prático mais sustentável, não há!

Os tupperwares de plástico já eram. O que está a dar é levar as marmitas da praia em frascos de vidro que conservam melhor a frescura dos alimentos. Escolha-os de vários tamanhos, que fechem bem e opte pelos de "boca larga", pois facilitam a preparação e a degustação.

Aproveite para dar nova vida a frascos reciclados (copos de iogurte, frascos de compota, molhos ou feijão) e contribua ativamente para a causa da sustentabilidade!

"Enfrascar" bons alimentos

Nas férias, o plano é descomplicar, mas nem só de sandes com batatas fritas se vive na praia.

Qual é a refeição, qual é ela, que nunca desilude e cabe num frasco? A abençoada salada – muito mais do que umas folhinhas de alface com tomate, entenda-se! – com tudo a que tem direito: hidratos de carbono, proteína e boas gorduras, nem mais! Na hora de comer, basta agitar e saborear diretamente do frasco.

Saladas em frasco perfeitas em cinco passos

Quer inventar as suas saladas em frasco? Não existem fórmulas mágicas, mas temos boas dicas que, temperadas com imaginação, podem torná-lo um especialista na matéria. É só dispor os ingredientes por camadas, aconchegando-os tanto quanto possível (quanto menos ar, mais fresca por mais tempo a salada vai ficar!), fechar o frasco e guardá-lo no frigorífico até o transferir para a lancheira da praia.

#1 – O molho deve ficar sempre na base (azeite e sumo de limão ou vinagre balsâmico).

#2 – Seguem-se os vegetais duros ou leguminosas que não absorvem o molho (cenoura, tomate-cereja inteiro, pepino, pimento, feijão, grão).

#3 – Logo depois, chegam os vegetais leves e/ou fruta, cereais e sementes (cogumelos, abacate, milho, cuscuz, quinoa, arroz, massa, sementes de sésamo, linhaça ou girassol).

#4 – Agora entram em cena os "verdes" (alface, rúcula, agrião, espinafres).

#5 – Last but not the least, as proteínas (carnes brancas, ovo cozido, frutos secos, queijo ralado).

Ricas refeições em frasco: o nosso top 5 (e um doce de bónus!)

No frasco, é fácil controlar as quantidades do seu almoço e, além das saladas que pode construir a seu bel-prazer, na praia também sabem bem sabores diferentes do trivial. Nós sugerimos, você decide.



Uma das estrelas neste formato de almoço portátil é a salada de atum com grão e abacate, uma brisa de frescura com sabor a mar que sacia (e delicia) sem deixar barrigas inchadas.



Em nada lhe fica atrás a salada de lentilhas, kale, ovo e bacon, rica em cores e texturas, um autêntico regalo para a vista e o estômago. Leve o molho à parte e tempere na hora de se "atirar" a ela.




Combinar massa e salada é juntar o melhor de dois mundos dentro de um frasco, que o diga o animado macarronete com rúcula, beterraba, queijo de cabra e amêndoa laminada, cuja paleta de tons e sabores abre (ainda mais) o apetite de toda a família depois de uns mergulhos bem dados.




O cuscuz é outro prato que também se come frio e a receita de tiras de frango com cuscuz e lima só demora 15 minutos a preparar. Pode substituir o frango por peru ou sobras de carne, sim senhor, porque as saladas não têm de ser todas iguais!



A salada de camarão, rúcula e feijão-branco não precisa de muitos ingredientes para fazer alquimia de sabores. Com a praia como pano de fundo, tire-lhe uma foto digna de um post no Instagram... de fazer inveja a muita gente!




Em jeito de "bónus" e sem hora marcada para saborear, eis que chega a mousse de chocolate e avelã. Nesta versão o açúcar não entra e só vai encontrar alimentos no seu estado natural. Divida-a em frascos pequenos e crie o novo pregão do areal: ‘Olhà mousse bem docinha, fresca e cremosa, é só minha!’

Quer saber mais acerca dos cuidados a ter com os alimentos que leva para a praia e quais os que deve evitar? Não perca pitada do artigo Saúde à beira-mar.

 

Boas férias, boas refeições no frasco!

 

Mais Noticias de Sabe Bem

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)