Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
4

Bag in box é bom

O vinho Lavradores de feitoria que é vendido em garrafa é o mesmo que vai para as caixas de bag in box.
Edgardo Pacheco 7 de Setembro de 2016 às 18:55
Da  colheita de 2015, este é um branco muito fresco, com notas acentuadas de limão. Ideal para a piscina ou a esplanada. 
7,50 euros
Da colheita de 2015, este é um branco muito fresco, com notas acentuadas de limão. Ideal para a piscina ou a esplanada. 7,50 euros FOTO: Direitos reservados
Existe a ideia de que todos os vinhos em bag in box são uma quinta escolha dos produtores. É uma má ideia porque, nos últimos anos, há empresas empenhadas em apresentar vinhos de qualidade.

E quem leva muito a sério este negócio é a Lavradores de Feitoria - um projeto que junta dezenas de pequenos e médios viticultores do Douro sob uma só marca.

É que a empresa do Douro garante que o vinho que está embalado no pacote é exatamente o mesmo que está nas suas garrafas com a marca Lavradores de Feitoria.
E percebe-se bem porque é que um mercado determinante para a marca do Douro é a Noruega, onde o consumo de bag in box não ofende a dignidade dos consumidores. Como os noruegueses têm o hábito de fugir das cidades para os casebres de montanha, o sistema de bag in box dá muito jeito em termos de transporte e manuseamento.

Agora, o que é extraordinário é o seguinte: uma garrafa de 0,75 cl de Lavradores de Feitoria custa 4,19 €. Dois litros do mesmo vinho custam 7,50 €. E, ainda por cima, o vinho conserva-se bem no pacote e vai facilmente ao frigorífico.
Bag In Box Vinho Branco Lavradores de Feitoria Douro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)