Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
9

Espumante português ganha medalha de ouro

Cartuxa Reserva 2012, da fundação Eugénio de Almeida, foi premiado em França.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 10 de Dezembro de 2019 às 18:00
Cartuxa Reserva 2012
Cartuxa Reserva 2012 FOTO: Direitos Reservados
O espumante Cartuxa Reserva 2012 acaba de ser distinguido com medalha de ouro no concurso Effervescents du Monde 2019. Este ano, o certame atribuiu 23 medalhas de ouro e 165 medalhas de prata a espumantes de vários países do Mundo. Participaram na iniciativa 564 espumantes de 22 países. O júri foi composto por 100 especialistas que se reuniram para as provas em Dijon, França.

Nesta edição foram atribuídas três medalhas a espumantes portugueses. Duas de ouro: ao Espumante Cartuxa Reserva 2012 e ao espumante da Bairrada, Original Reserva Bruto Branco Baga 2017, da empresa Positive Wine. O espumante Marquês de Marialva Bical & Arinto Reserva Brut 2015, da Adega de Cantanhede, recebeu uma medalha de prata.

Fresco e persistente
Produzido pela Fundação Eugénio de Almeida, o Espumante Cartuxa Reserva 2012 é um vinho base feito a partir de uvas da casta Arinto selecionadas e colhidas no estado de maturação ideal para produção de um vinho base espumante.
Fermentou a temperatura controlada efetuada em barricas de carvalho francês. Com cor dourada/palha, apresenta bolha muito fina e persistente. É fresco e persistente na boca.

Desde o início, a ambição do Effervescents du Monde é a de promover e premiar os vinhos espumantes de todo o Mundo. Esta competição, que se realiza todos os anos em França, dedica-se em exclusivo a avaliar a qualidade do vinho espumante a nível mundial.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)