Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
9

‘Alta-costura’ dos automóveis em exposição no Caramulo

Museu mostra carros raros e valiosos. Bólides podem ser admirados ao longo deste mês.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 10 de Setembro de 2019 às 18:00
Exposição 'Supercarros' no Museu do Caramulo
Exposição 'Supercarros' no Museu do Caramulo FOTO: Tiago Pais
Nas primeiras 48 horas foram mais de 1500 pessoas a passarem no Museu do Caramulo para apreciarem a exposição ‘Supercarros’, um recorde absoluto para o espaço no que a exposições temporárias diz respeito.

Dedicada às criações de ‘alta-costura’ da indústria automóvel, a mostra apresenta modelos exclusivos que raramente são vistos. O alinhamento começa com aquele que é considerado o primeiro supercarro do mundo, o Lamborghini P400 SV Miura, e passa pelo Ferrari F40 e pelo Bugatti EB110.

A exposição conta ainda com um Ford GT, modelo lançado para celebrar os 40 anos do mítico modelo, o McLaren 675 LT MSO, um dos mais exclusivos da marca, ou o Porsche GT2 RS.

Modelos exclusivos
Aquela que é a maior exposição temporária de 2019 estava a ser preparada há mais de um ano. Isto porque, explica o museu, "são modelos muto exclusivos que raramente aparecem", tendo sido "um grande desafio" reuni-los todos no Caramulo, "mesmo que por um curto período de tempo".

O mais ambicioso projeto da Ferrari, o LaFerrari, um modelo com 963 CV e velocidade máxima de 349 km/h e do qual existe apenas um exemplar em solo português, também vai estar presente para maravilhar os admiradores da marca.

O conceito de supercarro nasceu na segunda metade dos anos de 1960, em Itália, tendo a Lamborghini como a sua grande precursora. O nome foi dado por LJK Setright, jornalista da revista inglesa Car, que utilizou o termo numa reportagem precisamente sobre o Lamborghini Miura.

A exposição está patente até dia 1 de outubro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)