Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Com saudades de um bom petisco? Saiba que restaurantes e esplanadas já reabriram

De norte a sul, o país começa a sair à rua. Dentro dos meios urbanos ou à beira mar, o tempo quente começa a convidar a um copo com os amigos.
Miguel Azevedo 27 de Maio de 2020 às 16:00
Restaurante à beira mar
Restaurante à beira mar FOTO: Direitos Reservados
Com o tempo quente a chegar numa altura em que o alívio das medidas de confinamento permitiu a reabertura de restaurantes e esplanadas, nada melhor do que ‘vingar’ os meses de isolamento com um belo petisco (sempre em segurança!). Caracóis, choco frito, amêijoas à bulhão pato, ostras, sapateira, moelinhas, gambas à guilho, camarão frito... Até parece que já cheira, não é?

Para começar, nunca é de mais lembrar que já abriu a época dos caracóis, eles que atingem a sua época ideal para consumo entre maio e agosto. As hipóteses de escolha são muitas por todo o País, já com bastantes restaurantes, marisqueiras e cervejarias de portas abertas ou ainda a funcionar em regime de takeaway. Uma boa opção passa também pelos híper e supermercados, que já vendem baldes de caracóis pré-confecionados de boa qualidade.
O tempo quente faz também abrir o apetite pelo marisco, os frutos do mar que por esta altura do ano começam a ser mais procurados do que nunca.

Portugal tem uma costa rica em marisco e difícil é mesmo escolher o melhor local. Na linha de Cascais, por exemplo, é sempre obrigatório o Eduardo das Conquilhas que até ao dia 8 de junho estará a trabalhar exclusivamente em takeaway e entregas ao domicílio. Destaque para as promoções de mariscadas que incluem vinho ou cerveja. Se preferir sentar-se, o Pica Peixe, em Tires, já está a fazer serviço de sala. Se quiser vista para o mar pode optar pela esplanada Bérrio, na Praia na Parede, ou pelo Jonas Bar no paredão do Estoril. Em Lisboa, a conceituada cervejaria Ramiro (na Almirante Reis) a funcionar em regime de takeaway, de terça-feira a domingo oferece dos melhores mariscos da cidade. Noutro conceito, e com outra vista, merece visita o Madame Petisca, na Bica. As esplanadas do Cais do Sodré, Belém e Alcântara, ao lado do rio, são também boas opções.

A norte destaque para o Marinheiro, na Póvoa do Varzim, que desde segunda-feira já está a trabalhar com serviço de sala, assim como O Gaveto, em Matosinhos, que tem como especialidade a sapateira ou o Restaurante Zizi, em Vila Nova de Gaia, ao qual não dá para fugir às amêijoas. Na Invicta, por seu turno, destaque especial merece a Marisqueira do Porto (sala e takeaway). A sul, destaque para os petiscos do Vidaul, em Albufeira (apenas takeaway), ou para a Marisqueira Fialho, em Tavira. Não esquecer que já abriu também uma das mais famosas esplanadas do Algarve, o Gigi’s na Quinta do Lago. 

Moelinhas estufadas com tomate
. Moelas - 500 g
. Vinho branco - ½ copo
. Cerveja - ½ copo
. Cebolas - 1
. Louro - 2 folhas
. Açúcar - 1 colher de sobremesa
. Polpa de tomate q.b.
. Azeite/Sal/Picante q.b.

1 . Lavar bem as moelas e reservar; 2. Numa frigideira fazer um refogado com a cebola picada, juntamente com a água, o vinho e a cerveja; 3. Juntar o tomate com o açúcar; 4. Adicionar as moelas com o louro. Temperar com sal e picante a gosto; 5. Deixar cozer em lume branco até as moelas ficarem bem tenrinhas; 6. Retificar temperos; 7. Servir com coentros picados.

Amêijoas à Bulhão Pato com torradas de manteiga de alho
. Amêijoas - 1 Kg
. Alho - 6 dentes
. Azeite - 0,5 dl
. 1 limão (sumo)
. Manteiga - 2 colheres de sopa
. Coentros picados q.b.
. Sal e piripíri q.b.

1. Demolhar as amêijoas com água e sal para libertarem a areia. Reservar;
2. Num tacho, aquecer o azeite com os alhos partidos; 3. Juntar a manteiga e deixar refogar; 4. Juntar as amêijoas já escorridas e deixar cozinhar, mexendo até que abram; 6. Retificar temperos e juntar piripíri; 7. Adicionar coentros picados, regar com sumo de limão e retirar do lume; 6. Servir com torradas barradas com manteiga de alho.

Sapateira recheada com sabor a mar
. Sapateira (viva)
. Ovo cozidos - 3
. Salsa picada q.b.
. Pickles picados - 200 g
. Cerveja preta - 50 ml
. Mostarda - 1 colher de sobremesa
. Sal - 1 colher de chá
. Pimenta branca moída - 1 c. de café
. Piripíri - 1 colher de café
. Maionese - 1 colher de sopa
. Pão ralado - 1 colher de sopa

1. Cozer a sapateira em água durante 20 minutos; 2. Abrir a sapateira e retirar o recheio. Reservar a casca; 3. Numa tigela, misturar a carne da sapateira com os ovos, a salsa e os pickles; 5. Regar com a cerveja e acrescentar a mostarda; 6. Temperar com sal, pimenta e piripíri. Envolver bem; 7. Adicionar a maionese, o pão ralado e envolver; 8. Rechear a casca com o preparado e servir.
Marisqueira estilo de vida e lazer gastronomia questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)