Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’: livro ajuda crianças e adultos a lidar com o alzheimer

Rui Zink inspirou-se num caso da sua própria vida. O resultado é uma obra bem humorada e poética.
Duarte Faria 22 de Janeiro de 2020 às 17:00
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
‘O Avô tem uma Borracha na Cabeça’
Durante anos, Rui Zink teve de lidar de perto com a perda de memória e capacidades por parte de um familiar próximo - culpa da doença de Alzheimer. Agora, inspirado nesta esta experiência, tão marcante na sua vida, o escritor pôs mãos à obra para construir o seu novo livro.

Chama-se ‘O Avô Tem uma Borracha na Cabeça’ e é uma proposta diferente daquelas a que Zink habituou os seus leitores. "É muito diferente daquilo que tenho feito. É uma proposta para os mais novos, humorada e poética, mas que, espero, possa chegar a todas as idades", revela o escritor e professor no Departamento de Estudos Portugueses na Faculdade da Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, de 58 anos.

"Demorei cinco anos a pensar nesta obra, que se tornou num livro de autoajuda para mim e que o poderá ser também para os leitores. Acima de tudo é um livro esperançoso, que ensina a lidar com a perda. Quero que tenha esse poder sobre quem o leia", acrescenta Zink, que contou com a colaboração da ilustradora Paula Delecave na construção deste livro. Através de trabalho de colagens, a artista ilustra de forma muito original o texto do autor. "O trabalho da Paula é maravilhoso. Foi muito interessante aquilo que desenvolvemos em conjunto".

Já nas livrarias, ‘O Avô Tem uma Borracha na Cabeça’ revela o que fazer quando alguém de quem gostamos nos começa, aos poucos, a esquecer. A lição mais importante chega-nos através da sensibilidade de uma criança: o amor é mais forte do que o esquecimento.

FICHA
O Avô tem uma Borracha na Cabeça
Esta é a história da amizade entre um avô que lentamente vai perdendo as memórias e o neto inventor que se dedica a descobrir uma cura para a sua doença. Uma edição da Porto Editora, com encadernação em capa dura. Tem 48 páginas e um custo de 14,40 euros.
Avô Borracha na Cabeça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)