Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
7
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Rede de distribuição Ageas Seguros colhe frutos da iniciativa

Além da satisfação e da boa-disposição geradas, a Festa Ageas Seguros foi uma demonstração de vitalidade da marca e um forte reforço do espírito de parceria e de proximidade que norteia a atividade diária da empresa
21 de Setembro de 2020 às 17:54
António Queiró, diretor Comercial Sul da Ageas Seguros
António Queiró, diretor Comercial Sul da Ageas Seguros

A Festa Ageas foi uma ação que proporcionou novas oportunidades de dar a conhecer a marca. "A iniciativa foi muito positiva na medida em que se levou a marca Ageas Seguros aos clientes e potenciais clientes, assim como aos nossos mediadores, reafirmando a visão da seguradora em proporcionar uma experiência emocional e relevante na vida das pessoas."

Quem o diz é António Queiró, diretor Comercial Sul da Ageas Seguros, referindo que apesar de a iniciativa ter surgido num momento de incerteza como o atual, foi preciso muita coragem e sentido de responsabilidade – com o cumprimento de todas as regras sanitárias que se impunham – para sair de casa e dos escritórios e levar muita alegria e boa-disposição às populações das cidades visitadas.

Perante os bons resultados alcançados, António Queiró não tem dúvidas: "a rede de distribuição Ageas Seguros saberá e está a colher os frutos da dinâmica impressa por esta excelente iniciativa."

O diretor Comercial Sul entende que a vida não pode parar. "Os clientes continuam a precisar das soluções de proteção Ageas Seguros e, por esse motivo, quiseram que o formato da iniciativa contemplasse um período de animação ao redor dos espaços dos mediadores, com a entrega dos manjericos e quadras populares a todos os que nos visitaram".

A satisfação e a adesão das populações à presença da Ageas e ao momento festivo e musical proporcionado foi um dos lados mais visíveis desta iniciativa.

António Queiró reconhece que houve um aumento de notoriedade da Ageas Seguros derivado da festa, uma informação que foi recolhida junto dos comentários positivos e do bom impacto que receberam junto dos mediadores, mas não só.

O diretor Comercial Sul da Ageas Seguros conta, a título de curiosidade, que "também recebeu comentários positivos de alguns profissionais concorrentes que, em ambiente de boa-disposição, acabaram por se juntar ao cortejo da Ageas Seguros, num espírito de saudável convivência que os tempos atuais também possibilitam".

Momentos altos da iniciativa

Em relação aos momentos mais impactantes das Festas Ageas, António Queiró destaca o modo festivo e bem-disposto como tudo correu e enfatiza a "enorme alegria e até a surpresa de todas as pessoas que, nas ruas e nas janelas e varandas das suas casas, acenavam, dançaram e cantaram todos os êxitos que o inigualável Toy nos proporcionou nesta iniciativa conjunta com o Correio da Manhã. Só visto e vivido".

Sem destacar uma localidade em especial, António Queiró ressalva que a iniciativa e a comitiva foram excelentes em todas as cidades. Houve momentos que ficaram na memória de cada uma das quatro cidades por onde passou a Festa Ageas Seguros. Das populações locais gostou muito da experiência em Santarém "pela vivacidade, dinamismo e alegria que a equipa do trio elétrico móvel transmitiu a todas as pessoas da cidade".

Portimão não ficou atrás, até por já haver mais pessoas na rua, tendo o próprio Toy rapidamente adaptado o seu repertório de canções para os muitos estrangeiros presentes, "o que foi muito apreciado por todos".

Em Évora, foi pena o cortejo do trio elétrico não ter podido entrar nas muralhas da cidade, "mas por onde passámos fomos sempre bem recebidos e saudados". Em contrapartida, foi possível estar durante grande parte do dia presente no centro da cidade, na Loja Ageas Seguros do mediador exclusivo Macrosoluções, e aí "a receção e a festa foram também ótimas".

Outro sinal que mostra bem o sucesso da iniciativa foi o pedido de mediadores com presença em outros distritos, como Castelo Branco, Leiria ou Setúbal, em replicar esta iniciativa, ou outra semelhante, dado o impacto social responsável e a experiência emocional que transmitiu a Ageas Seguros.