Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Maioria dos deputados do BE não aplaude João Lourenço

Líder do Bloco ficou sentada ao ouvir o presidente de Angola no Parlamento.
Lusa 22 de Novembro de 2018 às 16:58
João Lourenço, presidente de Angola, discursou no parlamento português
Parlamento
João Lourenço, presidente de Angola, discursou no parlamento português
Parlamento
João Lourenço, presidente de Angola, discursou no parlamento português
Parlamento
Os deputados do PSD, PS, CDS-PP, PCP e Verdes aplaudiram esta quinta-feira de pé o discurso do Presidente da República de Angola, João Lourenço, na Assembleia da República, ao contrário da bancada do Bloco de Esquerda.

No BE, a maioria dos deputados não se levantaram nem aplaudiram o discurso do chefe de Estado Angola, tal como o deputado único do PAN, André Silva.

O deputado bloquista e vice-presidente da Assembleia da República José Manuel Pureza foi uma das exceções, tal como Jorge Campos.

Também a bancada do Governo se levantou para aplaudir João Lourenço.

O Presidente da República de Angola foi o segundo chefe de Estado, desde 2016, a ser recebido e a discursar na Assembleia da República, depois do rei Filipe VI de Espanha, há dois anos.

Na sessão solene de hoje, estiveram presentes o Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, e discursou, além de João Loureço, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

Desde 1990, foram 17 os chefes do Estado e do Governo a serem recebidos, em sessão solene, como o presidente timorense Xanana Gusmão, Lula da Silva (Brasil), Lech Walesa (Polónia), o rei Juan Carlos (Espanha), Jacques Chirac (França) e ainda Vaclav Havel.

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, iniciou hoje a sua primeira visita de Estado a Portugal com a normalização das relações entre os dois países e a regularização das dívidas às empresas portuguesas em pano de fundo.
Ver comentários