Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Donald Trump já é o novo Presidente dos Estados Unidos

Aos 70 anos, o republicano é o homem mais velho a assumir a Presidência.
20 de Janeiro de 2017 às 08:58
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump presta juramento na cerimónia de tomada de posse
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
Trump
Trump
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Os casais Obama e Trump na chegada à Casa Branca.
Barack Obama e Donald Trump à chegada à Casa Branca.
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Trump assistiu a uma missa antes da tomada de posse
Preparativos em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações
Novas manifestações esta manhã em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Trump com a família
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Atriz Marisa Tomei em protesto contra Trump
Michael Moore em protesto contra Trump
Ator Mark Ruffalo em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Atriz Julianne Moore em protesto contra Trump
Ator Alec Baldwin em protesto contra Trump
Ator Robert De Niro em protesto contra Trump
Preparativos para a cerimónia
Manifestação contra Trump
Manifestação contra Trump
Preparativos em Washington
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump presta juramento na cerimónia de tomada de posse
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
Trump
Trump
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Os casais Obama e Trump na chegada à Casa Branca.
Barack Obama e Donald Trump à chegada à Casa Branca.
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Trump assistiu a uma missa antes da tomada de posse
Preparativos em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações
Novas manifestações esta manhã em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Trump com a família
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Atriz Marisa Tomei em protesto contra Trump
Michael Moore em protesto contra Trump
Ator Mark Ruffalo em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Atriz Julianne Moore em protesto contra Trump
Ator Alec Baldwin em protesto contra Trump
Ator Robert De Niro em protesto contra Trump
Preparativos para a cerimónia
Manifestação contra Trump
Manifestação contra Trump
Preparativos em Washington
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump presta juramento na cerimónia de tomada de posse
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
Donald Trump toma posse como Presidente dos EUA
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence
Trump
Trump
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Trump e a família antes do juramento
Os casais Obama e Trump na chegada à Casa Branca.
Barack Obama e Donald Trump à chegada à Casa Branca.
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Já milhares de pessoas esperam pelo momento da tomada de posse
Trump assistiu a uma missa antes da tomada de posse
Preparativos em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações
Novas manifestações esta manhã em Washington
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Celebração no Lincoln Memorial deu mote às celebrações, com atuações e um baile
Trump com a família
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Manifestantes em protesto contra Trump
Atriz Marisa Tomei em protesto contra Trump
Michael Moore em protesto contra Trump
Ator Mark Ruffalo em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Cantora Cher em protesto contra Trump
Atriz Julianne Moore em protesto contra Trump
Ator Alec Baldwin em protesto contra Trump
Ator Robert De Niro em protesto contra Trump
Preparativos para a cerimónia
Manifestação contra Trump
Manifestação contra Trump
Preparativos em Washington


O multimilionário Donald Trump, de 70 anos, tomou posse hoje numa cerimónia pública junto ao Capitólio, em Washington, tornando-se no homem mais velho a assumir a Presidência dos Estados Unidos.

Ao meio-dia (hora local) de Washington (17h00 em Lisboa), Trump prestou juramento como 45.º Presidente dos Estados Unidos, sob o olhar atento de uma multidão dividida entre o fervor dos apoiantes e os receios dos críticos.

Fontes oficiais anteveem que entre 800 mil a 900 mil pessoas estarão hoje em Washington para assistir à cerimónia, aos festejos associados ou participar em várias ações de protesto previstas.

A cerimónia assume o controlo da capital federal com fortes condicionamentos na circulação de pessoas, carros e transportes públicos. Cerca de 28.000 elementos das forças de segurança estão destacados.

17h00: Barack Obama deixa Washington no helicóptero presidencial


17h00: Ouve-se o Hino Americano

O hino americano é entoado por Jackie Evancho, jovem de 16 anos que participou no programa America’s Got Talent.

17h00:
 A conta de twitter @POTUS (President of The United States) já é de Donald Trump




17H00: Donald Trump promete devolver o poder às pessoas

"Hoje, não estamos só a transferir poderes", frisou. "Estamos a retirar o poder de Washington para o devolver ao povo", acrescentou, reconhecendo que, "durante demasiado tempo" o poder esteve nas mãos de "um pequeno grupo" na capital federal.

"Não importa que partido controla o governo, mas se o governo é controlado pelo povo", insistiu.

Prometendo que vai liderar um "esforço nacional para reconstruir o país e recuperar a esperança para o povo".

17h00: O republicano faz o seu primeiro discurso como presidente norte-americano

Trump agradeceu a Obama e à primeira-dama pelo papel desempenhado no período de transição. "Foram magníficos", afirma.

"Washington floresceu mas o povo não beneficiou desta riqueza. Os políticos prosperaram mas perdemos postos de trabalho. O poder estabelecido protegia-se a si próprio mas não protegia o país", disse.

17h00: Donald Trump já é oficialmente o novo Presidente dos Estados Unidos

Trump agradece a Obama e à antiga primeira-dama pelo papel desempenhado no período de transição. "Foram magníficos", afirmou.

"Washington floresceu mas o povo não beneficiou desta riqueza. Os políticos prosperaram mas perdemos postos de trabalho. O poder estabelecido protegia-se a si próprio mas não protegia o país", disse. "A partir de agora tudo muda. Este momento é o vosso momento", acrescentou.

"O dia 20 de janeiro de 2017 vai ser relembrado como o dia em que as pessoas se tornaram os governantes deste país novamente", diz Trump no seu primeiro discurso como presidente. "Os homens e mulheres esquecidos nunca mais vão ser esquecidos"


17h00: Donald Trump começa a prestar o juramento

Trump prestou juramento sobre duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que o ex-Presidente Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos - seguradas pela sua mulher, Melania, e rodeado pelos seus cinco filhos.

"Eu… solenemente juro que vou desempenhar fielmente o cargo de presidente dos Estados Unidos, e com o melhor das minhas capacidades preservarei, protegerei e defenderei a Constituição dos Estados Unidos. Que Deus me ajude", afirmou o republicano, cumprindo a tradição.




Trump é saudado pela banda da Marinha e por 21 tiros de canhão, antes de fazer o seu discurso inaugural.

O juramento de Trump foi conduzido pelo juiz John Roberts, presidente do Supremo Tribunal dos Estados Unidos.

Após esta cerimónia, o Presidente Donald Trump e o vice-presidente Mike Pence iniciam a parada inaugural pela Pennsylvania Avenue, com o trajeto a terminar na Casa Branca.

Ao final da tarde, em Washington, está previsto o arranque dos bailes inaugurais oficiais.

O casal presidencial Trump é esperado em alguns destes eventos.


17h00: Mike Pence presta juramento perante os EUA

Vice-Presidente de governo de Donald Trump presta juramento perante 900 mil pessoas. 

O juramento de Pence foi conduzido pelo juiz do Supremo Tribunal Clarence Thomas.

17:00h: Cerimónia do juramento já começou

A música "Now We Belong" é cantada pelo coro da Universidade do Estado do Missouri.


O juramento está a ser conduzido pelo chefe de justiça dos Estados Unidos e presidente do Supremo. 

16h00: Donald Trump já está na Tribuna

O futuro presidente dos EUA já está na tribuna para prestar juramento. Junto a ele também Mike Pence, o futuro vice-presidente, já está a postos. O mundo está prestes a conhecer um novo presidente dos EUA. 

16h00: Donald Trump já chegou ao Capitólio 

O futuro presidente dos EUA vai prestar juramento no Capitólio onde chegou acompanhado por Barack Obama.

16h00: Os Casais Obama e Trump cumprimentam-se 

Donald Trump, Barack Obama e as respetivas mulheres já se encontraram. Michelle Obama ofereceu um presente da Tiffany a Melania Trump cujo conteúdo é desconhecido. 

15h00: Donald Trump recebido na Casa Branca por Obama para uma última reunião

Donald Trump chegou à Casa Branca para uma última reunião com Barack Obama, poucas horas antes de tomar posse como 45.º Presidente dos Estados Unidos.

Donald Trump e a sua mulher Melania vão tomar chá com o ainda casal presidencial em funções, Barack e Michelle Obama, num dos salões da Casa Branca, antes de o Presidente eleito prestar juramento numa cerimónia pública junto do Capitólio, sede do Congresso norte-americano, em Washington.

Momentos antes deste encontro, Obama entrou pela última vez na Sala Oval, o gabinete presidencial.

O chefe de Estado cessante entrou na Sala Oval, onde trabalham os Presidentes americanos, levando uma carta para o seu sucessor.

A missiva foi colocada em cima da mesa de trabalho do gabinete, uma mesa do século XIX conhecida como "Resolute desk" que tem sido utilizada por vários Presidentes.

14h00: "Tudo começa hoje"
Donald Trump fez uso do Twitter para afirmar que "tudo começa hoje", antes de reunir com Obama e de tomar posse como Presidente dos Estados Unidos da América





14h00: Barack Obama abandona a Sala Oval na Casa Branca

Segundo a tradição, Obama terá deixado uma carta a Donald Trump. O conteúdo é desconhecido. 

14h00: Donald e Melania Trump já saíram da Blair House, a casa de visitas da Casa Branca

O casal assiste a uma missa religiosa numa igreja perto da Casa Branca, juntamente com a filha do presidente-eleito, Ivanka Trump e o marido Jared Kushner. 
 
11h00 - "Portugal não tem qualquer tipo de reserva em relação à administração de Trump"

O ministro dos Negócios Estrangeiros garantiu que Portugal "não tem nenhuma reserva" quanto à nova administração dos Estados unidos, liderada por Donald Trump, e adiantou que está a ser preparado um encontro com o seu homólogo norte-americano.

"Portugal não tem nenhuma reserva em relação à nova administração dos EUA. Tem e terá a mesma relação que teve com a administração anterior", disse hoje Augusto Santos Silva, numa audição na comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, depois de questionado pelo socialista Paulo Pisco sobre as expectativas em relação à presidência de Trump, que toma posse hoje como 45.º Presidente dos EUA.

O governante sublinhou que os Estados Unidos são "um vizinho" de Portugal, bem como "um aliado" e "o principal parceiro bilateral" no que diz respeito à defesa, por causa da base das Lajes, nos Açores.

04h00 - Milhares em "resistência pacífica" à nova administração dos EUA

Milhares de pessoas desafiaram o frio, na noite de quinta-feira, em Nova Iorque, participando numa iniciativa em que atores e políticos convocaram uma campanha de cem dias de "resistência pacífica" contra a administração de Donald Trump.

A iniciativa decorreu ao lado do Trump International Hotel e perto da Torre Trump, marcas da presença em Nova Iorque do magnata que dentro de poucas horas transformar-se-á no próximo Presidente dos Estados Unidos.

Segundo os organizadores, na ação contra Trump participaram entre 20 mil e 25 mil pessoas, muitas das quais exibindo cartazes com mensagens em que se lia "Como meu Presidente, nunca" ou "20 de janeiro de 2017, o dia em que a democracia morreu".

Aos atores Mark Ruffalo, Julianne Moore, Rosie Perez, Marisa Tomei ou Sally Field e ao realizador Michael Moore juntaram-se políticos e dirigentes sindicais para exigir unidade diante dos perigos que acreditam que Donald Trump representa como Presidente.

"Temos que seguir em frente -- não para protestar contra Trump --, mas para proteger a nossa gente e os nossos valores", afirmou Ruffalo, uma das figuras que, a par com Michael Moore, esteve por detrás da convocatória da iniciativa.

"Atravessamos um momento muito perigoso", disse, por seu lado, Michael Moore.

A cantora Cher, de 70 anos, também aderiu à manifestação, que durou pouco mais de duas horas: "Vivi sob a administração de 12 Presidentes e nunca pensei que ia coincidir com este arrogante".

Nas diversas intervenções destacou-se a diversidade racial e cultural de Nova Iorque, que Ruffalo qualificou como "preciosa", e lançaram-se apelos para defender os imigrantes indocumentados das ameaças de deportação feitas por Donald Trump.

"Devemos juntar-nos para proteger algo precioso para nós que é termo-nos uns aos outros", afirmou Ruffalo.

O autarca de Nova Iorque, Bill de Blasio, uma figura política muito crítica com Trump, instou os participantes a iniciarem uma campanha de ação nos próximos dias em todas as cidades dos Estados Unidos.

"Amanhã [sexta-feira] não é o fim, é o começo", disse De Blasio, repetindo o apelo à "resistência pacífica" que foi promovido por Ruffalo e Moore.

Entre os que assistiram à iniciativa estavam representantes dos principais grupos étnicos da cidade, acompanhados por amigos, familiares e até pelas suas mascotes.

Ao palco montado para a iniciativa subiram atores e dirigentes políticos, todos eles coincidindo na necessidade de reforçar ações contra a administração de Trump e de proteger imigrantes ou muçulmanos.

"O poder do povo é maior do que o deste estúpido", afirmou Cher.


02h00 - Famosos em protesto contra Trump
Várias personalidades juntaram-se aos milhares de manifestantes que protestavam nas ruas de Nova Iorque, na noite de quinta-feira, contra o Presidente eleito dos EUA, na véspera da sua tomada de posse.

Os atores Robert de Niro e Alec Baldwin, o realizador Michael Moore, distinguido com um Óscar, e a cantora Cher estavam entre os que se juntaram numa manifestação ruidosa perto do Trump International Hotel, a sul do Central Parque.

Vários milhares de pessoas concentraram-se no espaço vizinho do hotel de Trump.

Baldwin, que ridiculariza Trump num espaço regular no programa televisivo satírico 'Saturday Night Live', foi um dos que discursou para a multidão.

"Vamos ter 100 dias de resistência?", questionou os manifestantes, para responder "Fantástico", perante a resposta recebida.

Michael Moore, por seu turno, salientou que Trump "não governa com mandato", aludindo ao facto de Hillary Clinton ter ganho o voto popular.

"Somos a maioria. Não desistam. Eu não vou desistir", garantiu.

O 'mayor' de Nova Iorque, Bill de Blasio, um democrata, fez a defesa da política progressista e apelou aos norte-americanos, em todo o país, que se levantem e façam com que os novos dirigentes ouçam as suas objeções.




Quinta feira, 27 de janeiro

Na quinta-feira, um porta-voz do ainda Presidente eleito adiantou que o discurso de inauguração de Donald Trump será "pessoal" e "filosófico".

"Vai ser uma declaração muito pessoal e sincera sobre a sua visão para o país", disse Sean Spicer, acrescentando que o novo residente da Casa Branca irá abordar "o que significa ser americano", os desafios que enfrenta o povo americano, em particular a classe média.

"Penso que será um texto com menos de agenda política e mais filosófico, a visão que ele tem do país, o papel adequado do governo, o papel dos cidadãos", referiu ainda.

Notícia é também a ausência de várias dezenas de congressistas democratas na cerimónia de tomada de posse, cujo início está previsto para 09:30 locais (14:30 em Lisboa).

O número tem vindo a aumentar durante a semana e, na quinta-feira à tarde, mais de 60 congressistas democratas já tinham afirmado que planeavam boicotar a cerimónia, algo inédito na história contemporânea dos Estados Unidos.

Confirmada na cerimónia está a presença tradicional de vários ex-Presidentes e das respetivas primeiras-damas: Bill Clinton e a candidata democrata presidencial Hillary Clinton, o antigo casal presidencial George W. Bush e Laura Bush e Jimmy Carter e a sua mulher Rosalynn.

Dados publicados nos últimos dias revelaram que Trump é o Presidente eleito mais impopular em 40 anos, com apenas 40% de opiniões favoráveis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)