Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Dívida da câmara baixou três milhões em três anos

Só ao longo do ano passado, a dívida do município foi reduzida em mais de 800 mil euros .
Secundino Cunha 16 de Janeiro de 2017 às 08:14
Câmara de Cabeceiras de Basto pretende continuar o esforço de redução
Câmara de Cabeceiras de Basto pretende continuar o esforço de redução FOTO: Direitos Reservados
A dívida da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto foi reduzida em três milhões de euros nos últimos três anos, o que representa uma média de abate à dívida global do município de um milhão de euros por ano.

Ao longo de 2016, assegura o executivo liderado por Francisco Alves, a dívida foi reduzida em pelo menos 800 mil euros, mas o número é ainda provisório, já que as contas de gerência só devem ser aprovadas em finais do próximo mês de março.

Fonte da autarquia disse ao CM que "esta situação denota uma excelente saúde financeira do município", lembrando que, além de reduzir os prazos de pagamento a fornecedores, também essa dívida tem sofrido uma assinalável redução.

Nesta altura, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto contabiliza uma dívida a fornecedores de apenas 43 mil euros, menos de um terço daquela que os serviços contabilizavam no início de 2014, após as últimas eleições autárquicas.

Contas feitas, desde 2013, início do atual mandato, a dívida do município baixou mais de três milhões de euros, situando-se a dívida global na casa dos 5,7 milhões.

A manter-se o ritmo de redução, é provável que, no final deste ano, a mesma desça a barreira dos cinco milhões de euros, podendo então referir-se que, em apenas quatro anos, o valor da dívida passou de nove para cinco milhões, ou seja, reduziu para cerca de metade do valor.

Francisco Alves, o presidente da câmara, já fez saber que, sem prejuízo do necessário investimento, o esforço de redução da dívida é para manter, apesar das eleições autárquicas.
Câmara Municipal Cabeceiras de Basto economia dívidas Francisco Alves
Ver comentários