Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Dragagens no estuário do Sado começam na quarta-feira

Dragagens estão a ser fortemente contestadas por diversas associações cívicas e de defesa do ambiente.
Lusa 10 de Dezembro de 2019 às 14:26
Dragagens no rio Sado são alvo de crítica por parte de movimento cívico
Rio Sado
Dragagens no rio Sado são alvo de crítica por parte de movimento cívico
Rio Sado
Dragagens no rio Sado são alvo de crítica por parte de movimento cívico
Rio Sado
As dragagens no estuário do Sado, no âmbito do projeto de melhoria das acessibilidades marítimas ao porto de Setúbal, "começam na quarta-feira no canal da barra", confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte da administração portuária de Setúbal.

De acordo com a Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS), os primeiros dragados serão colocados no aterro a nascente do Terminal Ro-Ro e os restantes nos locais de deposição constantes da Declaração de Impacte Ambiental (DIA).

As dragagens no estuário do Sado (retirada de um total de 6,5 milhões de toneladas de areia, sendo 3,5 milhões de toneladas na primeira fase) estão a ser fortemente contestadas por diversas associações cívicas e de defesa do ambiente, que consideram a retirada de um tão grande volume de areia um atentado ambiental e uma ameaça real para o equilíbrio de todo o ecossistema do rio Sado.

Sado porto de Setúbal ambiente economia negócios e finanças transportes transporte marítimo e fluvial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)