Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Duzentos trabalhadores de fábrica de conservas de Peniche testam negativo para coronavírus

Operário apresentou sintomas, mas teve um teste negativo. Encontra-se em casa em isolamento profilático.
Lusa 1 de Junho de 2020 às 13:39
Coronavírus xxx
Coronavírus xxx FOTO: Getty Images
As duas centenas de trabalhadores da fábrica de conservas ESIP, de Peniche, que se mantêm em quarentena, já realizaram o teste à covid-19 e os resultados foram todos negativos, disse esta segunda-feira fonte da empresa.

"Todos os cerca de 200 trabalhadores enviados para casa na semana passada foram testados e os testes estão todos negativos", afirmou à agência Lusa John Merva, diretor da comunicação para a Europa da multinacional tailandesa Thai Union, a que pertence a conserveira European Seafood Investiment Portugal (ESIP), no distrito de Leiria.

As duas centenas de trabalhadores vão regressar ao trabalho logo que termine o período da quarentena.

No dia 20, um trabalhador apresentou sintomas, foi sujeito ao teste da covid-19 e na segunda-feira passada obteve resultado positivo.

O operário encontra-se em casa em isolamento profilático e não apresenta sintomas graves.

Por esse motivo, empresa e autoridades de saúde decidiram testar duas centenas de trabalhadores, dos 850 que a fábrica possui, e esses profissionais estão em quarentena em casa, sem apresentarem sintomas.

O responsável explicou que, desde o início da pandemia, no âmbito do plano de contingência, a unidade "separou turnos e áreas", o que permitiu confinar o eventual foco de contaminação apenas aos trabalhadores que "estiveram em contacto com o profissional infetado".

Por isso, os restantes "não precisam de estar em isolamento ou serem submetidos a testes".

Para o regresso das duas centenas de trabalhadores, a indústria conserveira está a efetuar "trabalhos para melhorar as medidas de distanciamento social e a rever a separação de turnos para garantir a máxima segurança", adiantou.

Desde que foi detetado o caso positivo, a conserveira desinfetou áreas que foram usadas por esse trabalhador, incluindo salas de descanso, vestiários e áreas laborais.

Dentro do seu plano de contingência, a conserveira já tinha adotado a medição de temperatura à entrada de cada turno, o uso de equipamentos de proteção individual, a higienização regular das mãos e o reforço da limpeza.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 372 mil mortos e infetou mais de 6,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.424 pessoas das 32.700 confirmadas como infetadas, e há 19.552 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)