Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Escolas de Cabo Verde vão estar fechadas na segunda-feira para limpeza após eleições

Instituições de ensino vão ser os principais locais de voto das eleições municipais de domingo.
Lusa 23 de Outubro de 2020 às 16:57
Urna
Urna
O Ministério da Educação cabo-verdiano anunciou esta sexta-feira que todas as escolas vão estar encerradas na segunda-feira, para permitir a higienização das salas de aula, por serem os principais locais de voto das eleições municipais de domingo.

Na origem da medida estão as preocupações sanitárias com a transmissão da covid-19, numa altura em que várias escolas do país suspenderam as aulas presenciais devido ao diagnóstico de casos positivos do vírus entre docentes e alunos, desde o início do ano letivo, em 01 de outubro.

Em comunicado, aquele ministério explica que "tomando em consideração que os estabelecimentos educativos são locais privilegiados de funcionamento das mesas de voto", o que acontecerá também nas eleições municipais de domingo, "as atividades letivas presenciais estarão suspensas em todos os estabelecimentos de ensino" do arquipélago, "para possibilitar a adequada higienização dos espaços".

A medida não tem efeitos práticos na Praia, ilha de Santiago, já que na capital cabo-verdiana as aulas presenciais continuam por retomar, pelo menos até ao final de outubro, face à elevada transmissão de covid-19 entre a população, que ainda se regista.

Cabo Verde conta com um acumulado de 8.122 casos diagnosticados de covid-19 desde 19 de março, com 91 óbitos associados à doença no mesmo período.

Mais de 330 mil eleitores são chamados domingo às urnas em Cabo Verde, distribuídas por 864 meses de voto, para escolher os órgãos locais das 22 autarquias, nas oitavas eleições municipais do arquipélago.

Concorrem ao mandato de quatro anos 65 listas às Assembleias Municipais e 64 às Câmaras Municipais, das quais 53 de partidos políticos (de quatro partidos) e 12 de grupos de cidadãos.

Os eleitores serão obrigados à higienização das mãos à entrada de cada mesa de voto e as filas para votar terão de observar o distanciamento social de pelo menos 1,5 metros.

Tratando-se de espaços fechados, a entrada nas assembleias de voto obriga os eleitores ao uso de máscara de proteção, conforme legislação adotada pelo Governo, devido à transmissão da covid-19.

As últimas autárquicas aconteceram em 04 de setembro de 2016, em que o Movimento para a Democracia (MpD) venceu com os seus próprios candidatos 18 das 22 câmaras municipais, mais cinco do que nas autárquicas de 2012, enquanto o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) ganhou duas e outras duas foram conquistadas por independentes.

Cabo Verde Ministério da Educação política eleições coronavírus
Ver comentários