Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Federações europeias de restauração defendem taxas reduzidas de IVA em toda a Europa

Garantir que o setor consegue resistir à crise provocada pela pandemia de Covid-19 é uma das justificações apresentada pelas três entidades.
Lusa 23 de Outubro de 2020 às 17:59
Setor da restauração em tempo de pandemia
Setor da restauração em tempo de pandemia FOTO: Getty Images
A Hotrec, FoodDrink Europe e FoodService Europe, três federações europeias de restauração e alojamento, assinaram uma posição conjunta onde reclamam a aplicação de taxas reduzidas do IVA nestes setores em toda a Europa.

Garantir que o setor consegue resistir à crise provocada pela pandemia de covid-19 é uma das justificações apresentada pelas três federações na 'position paper' para pedirem a aplicação das taxas reduzidas do IVA na restauração e alojamento, medida que, acreditam, "trará benefícios imediatos às empresas e aos consumidores".

"Sendo a redução de taxas de IVA da exclusiva responsabilidade de cada país, as entidades indicam que a União Europeia já disponibiliza uma possibilidade legal para assegurar este decréscimo, que tem como base a diretiva do IVA de 2006", acentua a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), num comunicado onde assinalou a posição conjunta assumida pelas três federações, que representam mais de 18 milhões de trabalhadores no continente europeu.

As signatárias consideram que uma iniciativa deste tipo "pode fazer a diferença entre a sobrevivência e o encerramento de milhares de estabelecimentos nos próximos meses" pelo que deixam o apelo à União Europeia "para encorajar cada um dos Estados-membros a aplicar a taxa reduzida de IVA a estas atividades económicas".

No comunicado, a AHRESP refere que, por causa dos efeitos da pandemia, países como a Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Grécia, Reino Unido ou Noruega já optaram por descer o IVA, na sequência da pandemia.

A AHRESP lembra ainda que tem vindo a defender em Portugal a aplicação da taxa reduzida do IVA, durante pelo menos um ano, em todos os serviços de alimentação e bebidas, e a sua integração no Orçamento de Estado para 2021, que está neste momento a ser debatido, lembrando que, num estudo que recentemente apresentou, se conclui que este tipo de medida ajudaria a manter até 46 mil postos de trabalho e 10 mil empresas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.276 em Portugal.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (44.571 mortos, mais de 830 mil casos), seguindo-se Itália (37.059 mortos, mais de 484 mil casos) Espanha (34.521 mortos, mais de um milhão e quarenta e seis mil casos), e França (34.210 mortos, mais de 999 mil casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
União Europeia IVA Europa FoodService Europe Hotrec FoodDrink Europe AHRESP Portugal Reino Unido
Ver comentários