Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Incêndio em favela desaloja 800

A favela brasileira de Heliópolis ardeu esta madrugada e destruiu várias casas na cidade de São Paulo. Pelo menos três pessoas morreram e várias centenas ficaram desalojadas.
7 de Julho de 2013 às 19:19

Um incêndio deflagrou na madrugada deste domingo e consumiu por completo dezenas de habitações na favela Heliópolis, na zona sul da cidade brasileira de São Paulo, matando pelo menos três pessoas e desalojando várias centenas.

Segundo o responsável pela Corporação de Bombeiros, Valdir Pavão, os corpos de duas mulheres e de uma criança tinham sido localizados durante a tarde, mas poderá haver outras vítimas fatais sob a montanha de escombros em que se transformou parte da favela, a maior da capital paulista.

De acordo com Pavão, os bombeiros têm recebido dezenas de relatos de pessoas desaparecidas, mas isso não significa que estejam mortas, pois numa situação como aquela há quem fuja para casa de familiares e amigos noutros pontos da cidade ou sejam levados para hospitais, sendo necessário confirmar primeiro todas essas hipóteses. Ainda segundo o repsonsável pelos bombeiros, pelo menos 22 feridos já estão confirmados, três deles em estado grave.

Gritos de “É fogo, é fogo! Salva, salva!”, acordaram os milhares de habitantes de Heliópolis a meio da madrugada e salvaram muitas vidas. Repetindo e ampliando o alerta enquanto fugiam, muitos habitantes conseguiram assim salvar também a vida de vizinhos enquanto corriam pelas vielas da favela carregando crianças e eletrodomésticos.

Até agora as autoridades de São Paulo não identificaram a causa do sinistro, que no final da tarde deste domingo continuava em processo de rescaldo. Funcionários da câmara estavam à mesma hora a proceder a um registo das vítimas que vão precisar de abrigo, alimentação e roupas. São cerca de 220 famílias, num total superior a 800 pessoas, segundo o levantamento inicial.

São Paulo favela Heliópolis Brasil incêndio desalojado habitações
Ver comentários