Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Jornalista tailandesa condenada a dois anos de prisão por um comentário no Twitter sobre exploração de imigrantes

Mulher foi libertada após pagar uma fiança.
Lusa 25 de Dezembro de 2019 às 08:47
Tribunal
Tribunal
Um tribunal tailandês condenou uma jornalista a dois anos de prisão por injúrias, devido a um comentário na rede social Twitter sobre uma queixa sobre exploração de trabalhadores imigrantes num aviário.

Suchanee Cloitre, que então trabalhava no canal de TV Vocie, foi denunciada pela Thammakaset Co por comentar uma queixa de maus-tratos interposta por 14 imigrantes birmaneses em agosto de 2016 contra a empresa.

O tribunal de Lopburi, no centro do país, determinou a sentença de prisão à jornalista, libertada após pagar uma fiança de 75.000 baht (2.240 euros), avançou esta quarta-feira a agência de notícias Efe, que cita o advogado, Waraporn Uthairangsri.

Ver comentários