Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Hezbollah promete apoiar Síria até derrota dos jihadistas

Rússia retirou a maior parte de seu contingente militar da Síria.
Lusa 21 de Março de 2016 às 23:03
O chefe do movimento xiita libanês Hezbollah, Hassan Nasrallah
O chefe do movimento xiita libanês Hezbollah, Hassan Nasrallah FOTO: EPA

O chefe do movimento xiita libanês Hezbollah prometeu esta segunda-feira continuar a lutar na Síria ao lado das forças do Presidente Bashar al-Assad até que o grupo Daesh e os jihadistas da Al-Qaeda sejam derrotados.

"Nós viemos para a Síria para ajudar o país a não cair nas mãos do Daesh e da frente Al-Nusra", disse Hassan Nasrallah ao canal Al-Mayadeen, acrescentando: "enquanto tivermos a responsabilidade de estar lá, estaremos lá".

A entrevista de Nasrallah, feita em direto, realizou-se uma semana após o anúncio da Rússia, aliada de Bashar al-Assad, de retirar a maior parte de seu contingente militar da Síria.

"Quer os russos saiam ou fiquem, aliás, quer os iranianos saiam ou permaneçam... nós, Hezbollah, clarificamos que o nosso destino e dos nossos irmãos sírios é só um e indivisível", assegurou o líder do movimento libanês, que vive em lugar secreto.

Hezbollah Síria Bashar grupo Daesh Al-Qaeda conflito armado
Ver comentários