Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Turista morto no Rio de Janeiro ao entrar numa favela por engano

Rafael Bardella foi abatido por traficantes de droga
J.C.M. 10 de Dezembro de 2016 às 09:30
 Os primos Roberto Bardella (à esquerda) e Rino Polato, numa imagem que publicaram no Facebook
Polícia brasileira divulgou imagens dos suspeitos
 Os primos Roberto Bardella (à esquerda) e Rino Polato, numa imagem que publicaram no Facebook
Polícia brasileira divulgou imagens dos suspeitos
 Os primos Roberto Bardella (à esquerda) e Rino Polato, numa imagem que publicaram no Facebook
Polícia brasileira divulgou imagens dos suspeitos

A polícia brasileira está a procurar oito homens e um adolescente suspeitos de envolvimento na morte de Roberto Bardella, de 52 anos, um turista italiano, assassinado no Morro dos Prazeres, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O homem terá sido abatido por ter entrado, acidentalmente, numa favela controlado por traficantes de droga.

O jornal 'Globo' conta o que a polícia apurou até ao momento. Roberto e o primo, Rino Polato, estavam de moto e visitavam o Cristo Redentor, na última quinta-feira. Estavam a caminho da praia quando entraram por engano no Morro dos Prazeres. Foram 'traídos' pelo  GPS da moto, que indicou a favela como o melhor caminho.

Ao entrar no Morro, depararam-se com oito bandidos armados, que dispararam contra os primos. Roberto foi baleado na cabeça num dos braços e teve morte imediata

"Nós já temos noção de onde eles foram abordados. Os turistas desciam pela rua Santa Alexandrina quando foram parados por pelo menos 10 bandidos, que estavam fortemente armados inclusive de fuzil" disse ao 'Globo', o delegado Fábio Cardoso, titular da Delegacia de Homicídios. 

O jornal  conta que o titular da Delegacia de Homicídios da Capital apurou que o chefe dos traficantes, identificado como Cláudio Augusto dos Santos, deu ordem aos seus homens de  atirar contra qualquer pessoa suspeita que entrasse na comunidade. 

O turista italiano Rino Polato, de 59 anos, primo da vítima, sobreviveu ao crime e terá identificado vários elementos do grupo que controla a favela. Os dois primos estavam a fazer uma grande viagem de moto pelos países da América do Sul. Chegaram ao Brasil vindos  do Paraguai. 

Ao todo, nove pessoas já foram identificada pelo crime, sendo um menor de idade. A Justiça emitiu mandados prisão contra  sete deles e foram divulgadas imagens dos suspeitos.

Rino Polato já voltou a Itália, depois de ter sido resgatado pela polícia das mãos dos traficantes. O corpo de Roberto Bardella só deverá ser transladado na próxima semana.

A polícia divulgou uma lista com os nomes e fotos dos suspeitos:

Wagner Moreira Rodrigues Silva,
Guinin, de 22 anos;
Tiago de Oliveira,
TG dos Prazeres, de 29;
Claudio Augusto dos Santos,
Jiló, de 46;
Rômulo Pontes Pinho, de 22;
Marcos Vinicius Paulo de Oliveira, 24;
Marcos Elias Candido Bezerra, 20 anos,
Um adolescente, não identificado, de 17 anos.

Roberto Bardella Morro dos Prazeres rio de janeiro turista italiano morto brasil moto viagem primo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)