Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
2

ESCOLA DE COMÉRCIO DE LISBOA COM OPORTUNIDADES ALÉM-FRONTEIRAS

UMA VISÃO EUROPEIA, PROJETOS ERASMUS+
24 de Julho de 2018 às 12:55

A Escola de Comércio de Lisboa - ECL tem vindo a desenvolver há mais de 28 anos vários Projetos de Mobilidade internacional, desde os Projetos Sócrates, Comenius ou Leonardo da Vinci a atualmente Projetos no âmbito do Programa Erasmus+. A ECL tem a primeira Certificação em Mobilidade em 2010, certificação que mantem até à data, com a VET Mobility Charter – Carta de Mobilidade Erasmus+, estando atualmente a finalizar o Projeto Ecoljovem XIX  e a planificar o Ecoljovem XX para o ano de 2018-2019.

O projeto educativo da Escola de Comércio de Lisboa é, desde o início, aberto ao exterior, sobretudo às influências que possam acrescentar valor. Logo na fase de constituição, a escola enquadrou-se no Programa comunitário Petra, que permitiu estabelecer uma parceria com um liceu profissional francês com cursos na mesma área, o Lycée Professionnel Chalon sur Saône, o que trouxe uma enorme riqueza ao projeto, em particular no desenvolvimento curricular dos cursos profissionais. Esta parceria possibilitou ainda o intercâmbio de alunos e formadores, acelerando o processo evolutivo e inaugurando uma tradição de relações com o exterior. Assim, tornar a aprendizagem e a mobilidade ao longo da vida uma realidade para os nossos alunos e docentes, promovendo a equidade, a coesão social e a cidadania ativa e incentivando a criatividade e a inovação tem sido, definitivamente, uma prioridade já bem definida no Projeto Educativo da escola.

A Escola tem como objetivo que todos os alunos e formadores que por ela passem tenham a oportunidade de obter uma experiência num Estado-membro da União Europeia. Estas experiências vão grandemente ao encontro dos interesses dos jovens que apreciam a possibilidade que lhes é facultada de conhecer "novos mundos", comparando realidades não só profissionais e comerciais, mas também sociais e culturais nos diferentes Estados-membros da União Europeia.

As experiências passam, nomeadamente, pela realização de estágios curriculares em entidades parceiras da Escola de Estados-membros da União Europeia. A experiência profissional no estrangeiro é considerada uma mais-valia e um enriquecimento para o curriculum do aluno e para o seu desenvolvimento enquanto pessoa. É uma oportunidade extremamente gratificante para os jovens e é uma qualificação reconhecida a nível europeu, constituindo-se como elemento diferenciador em todo o processo formativo. Ao abrigo do Programa Erasmus+, a Escola de Comércio de Lisboa - ECL tem tido nestes +últimos anos quase 100 mobilidades por ano: os alunos do 1º ano têm oportunidade de estagiar duas semanas em Londres ou em Paris; os alunos do 2º ano podem estagiar durante seis semanas na Finlândia, em Espanha, França ou no Reino Unido e os jovens graduados têm oportunidade de efetuar um estágio profissional de seis meses também em Espanha, França e no Reino Unido.

Tendo em mente a sua missão, ou seja, fazer participar a comunidade educativa num Projeto Educativo que a torne capaz de gerir, com sucesso, um percurso pessoal e profissional ao longo da vida, abraçando os desafios da globalização, pretende, assim, contribuir para abrir novos horizontes profissionais e pessoais aos seus alunos e formadores e para a efetiva mobilidade destes na Europa, fomentando uma mentalidade de cidadania europeia.

A integração nestes projetos permite à ECL:

Apostar na contínua melhoria da qualidade e inovação das práticas da Escola através de um diálogo permanente com diversas empresas no mercado europeu, quer através do acompanhamento dos alunos em mobilidade, quer da própria realização de mobilidades de staff por parte de docentes, formadores e/ou outros colaboradores;

Aumentar a atratividade da formação profissional, tornando estes projetos de mobilidade uma característica de formação dos cursos da Escola, através do programa Erasmus+;

Contribuir para uma maior qualidade e transparência no que diz respeito ao reconhecimento de competências e qualificações.

Estes projetos têm demonstrado ser uma experiência enriquecedora para os jovens que neles participam, tanto no plano organizacional e tecnológico, como no plano de crescimento pessoal. Sendo experiências de aprendizagem profissional em contextos multiculturais, a participação nestes projetos permite aos jovens sedimentar competências técnicas e linguísticas e constituem uma oportunidade ímpar para o desenvolvimento de uma mundivisão mais abrangente e flexível, geradora de sinergias profissionais e, muitas vezes, de novas oportunidades de negócio e visão empreendedora.

Anualmente, e desde 2013, a Escola atribui o prémio Erasmus+ com a chancela da Câmara Municipal de Lisboa, pretendendo, desta forma, destacar a Melhor Inserção Profissional Erasmus+, ou seja, o/a aluno/a que, cumulativamente a uma avaliação de estágio de Muito Bom, tenha demonstrado particular resiliência, adaptabilidade, espírito de equipa e de comunhão ao longo da sua participação no projeto de mobilidade.

Por outro lado, a experiência da ECL no campo das experiências internacionais não se cinge somente a garantir mobilidades para os alunos e formadores, também o papel de parceiro de acolhimento foi desenvolvido ao longo destes anos, recebendo docentes, estagiários individuais ou mesmo grupos de estagiários, no âmbito do Programa Erasmus+ um pouco de toda a Europa, desde o norte da Europa, como a Finlândia, ao Reino Unido, ou à nossa vizinha Espanha.

Paralelamente, desenvolve Projetos de parceria estratégica para a inovação e de intercâmbio de boas práticas com escolas europeias, nomeadamente com países como a Noruega, Finlândia, Islândia, Itália, França ou Espanha, especificamente com a Catalunha, tão reconhecida pela sua inovação pedagógica.

Trata-se, portanto, de uma estratégia e visão europeias que promovem a qualidade da educação inclusiva e oportunidades de aprendizagem ao longo da vida com reconhecido mérito, o que se comprova não só através do reconhecimento formal na atribuição da Carta de Mobilidade para o Ensino e Formação Profissional, como no do Prémio de Boas Práticas Erasmus+ 2017 atribuído pela Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação.

http://newsite.escolacomerciolisboa.pt/

Ver comentários