Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Aerosmith voltam a pisar palco lisboeta em julho

Banda vem assinalar cinquenta anos de carreira.
Miguel Azevedo 7 de Dezembro de 2019 às 10:05
Os Aerosmith formaram-se em 1970 após Steven Tyler e Joe Perry terem decidido fundir as bandas em que tocavam
Os Aerosmith formaram-se em 1970 após Steven Tyler e Joe Perry terem decidido fundir as bandas em que tocavam FOTO: João Miguel Rodrigues
Corria o mês de junho de 2016 quando, durante uma entrevista ao programa de rádio de Howard Stern, Steven Tyler revelava que os Aerosmith estavam com os dias contados.

Os boatos sobre o fim do grupo até já vinham desde 2011, altura em que Tyler aceitou fazer parte do programa ‘American Idol’ (o facto terá causado mal-estar no seio da banda), mas a verdade é que já passaram três anos e a banda continua a gravar e a anunciar concertos. Isto para dizer que Portugal volta a estar na rota do grupo para 2020.

Steven Tyler, Joe Perry, Brad Whitford, Tom Hamilton e Joey Kramer tocam dia 6 de julho na Altice Arena, em Lisboa, por onde passaram em 2017, para assinalar 50 anos de carreira (foi em 1970 que Tyler, Perry e Hamilton decidiram fundir as bandas onde tocavam, os Chain Reaction e os Jam band).

A nova digressão europeia arranca dia 13 de junho em Milão, em Itália, no iDays Festival, seguindo a banda depois para o resto da Europa, com passagem pela Suíça, Bélgica, República Checa, França, Espanha, Portugal, Áustria, Polónia, Reino Unido, Hungria, Dinamarca e, por fim, Alemanha, com a última atuação a 27 de julho.

Os Aerosmith são mais um nome a juntar à lista de grandes concertos em Portugal em 2020. Entre eles: Madonna (12 a 23 de janeiro no Coliseu de Lisboa), Nick Cave (19 de abril, Altice Arena), Yes (24 de abril, Campo Pequeno), Kiss (7 de julho, Altice Arena), Iron Maiden (23 de julho, Jamor) e Lenny Kravitz (25 de julho, Altice Arena).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)