Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Alberto Manguel doa 40 mil livros a Lisboa

Biblioteca do escritor vai fazer parte do futuro Centro de Estudos da História da Leitura.
Miguel Azevedo 9 de Setembro de 2020 às 08:43
Alberto Manguel tem 72 anos. É ensaísta, organizador de antologias, tradutor, editor e romancista
Alberto Manguel tem 72 anos. É ensaísta, organizador de antologias, tradutor, editor e romancista FOTO: Ulf Andersen
O escritor e bibliófilo argentino-canadiano Alberto Manguel vai doar a sua biblioteca à Câmara Municipal de Lisboa. O espólio de 40 mil volumes, que inclui obras de literatura e não ficção nas áreas das artes e humanidades, vai compor o futuro Centro de Estudos da História da Leitura.

A cerimónia que oficializa a doação da coleção pessoal de livros do autor de ‘Embalando a Minha Biblioteca’ vai ter lugar no sábado, pelas 18h00, na Feira do Livro de Lisboa, onde será assinado o protocolo entre o escritor e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

O futuro Centro de Estudos de História da Leitura nascerá em Lisboa, no Palacete dos Marqueses de Pombal, na rua das Janelas Verdes, na proximidade do Museu Nacional de Arte Antiga. Entre os membros do Conselho Honorário do futuro centro de estudos, contam-se escritores como Olga Tokarczuk (vencedora do Prémio Nobel da Literatura de 2018), Salman Rushdie, o músico e escritor brasileiro Chico Buarque, e o poeta e cardeal português José Tolentino Mendonça.

Nascido em 1948, em Buenos Aires, Alberto Manguel cresceu em Israel e na Argentina (o pai era diplomata), o que lhe proporcionou uma infância solitária, salva pelos livros.
Ver comentários