Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Almada Negreiros em exposição a partir de Outubro

Peças inéditas do artista exibidas em Lisboa e na Batalha.
Carolina Cunha 30 de Agosto de 2020 às 09:42
Retrato de Fernando Pessoa por Almeida Negreiros
Retrato de Fernando Pessoa por Almeida Negreiros FOTO: José Vicente
A exposição que reúne obras inéditas de Almada Negreiros divide-se em duas partes, para dois espaços. O Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, e o Mosteiro da Batalha, e ambas são baseadas numa "impressionante produção artística, que agora se dá a conhecer ao público", disse à agência Lusa o comissário, Simão Palmeirim, investigador da obra de Almada Negreiros (1893-1970).

Uma das exposições tem como título ‘Almada Negreiros e os painéis - um retábulo imaginado para o Mosteiro da Batalha’, poderá ser visitada a partir do dia 15 de outubro na Sala do Tecto Pintado do MNAA, e reúne peças em que o artista apresenta a sua interpretação geométrica de várias pinturas do museu, entre as quais os painéis de São Vicente.

Durante décadas, Almada dedicou-se a uma investigação sobre a disposição de mais de uma dezena de pinturas num só grande retábulo, que afirmava ter sido projetado para o Mosteiro da Batalha, resultando desses seus estudos uma vasta produção artística, parte dela também agora em processo de restauro.

Pela primeira vez, segundo o investigador, serão apresentadas duas obras de grande dimensão, completas, que aliam fotografia, desenho e materiais têxteis, bem como alguns estudos preparatórios do artista.

"A teoria de Almada sobre os painéis é complexa, mas o que nos importa é mostrar o trabalho plástico que ele desenvolveu com base nas suas ideias", salientou Simão Palmeirim à Lusa.
Ver comentários