Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

AR aprova voto de pesar a Raul Nery

Os deputados da Assembleia da República aprovaram esta sexta-feira, por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento de Raul Nery, guitarrista que acompanhou as maiores figuras do fado, enaltecendo a sua "paixão pela música".
22 de Junho de 2012 às 14:36
O guitarrista Raul Nery, foi condecorado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito, grau comendador, nas últimas comemorações do 10 de Junho.
O guitarrista Raul Nery, foi condecorado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito, grau comendador, nas últimas comemorações do 10 de Junho.

O secretário da Mesa Duarte Pacheco, a quem coube a leitura do voto, destacou a "paixão" de Raul Nery pela música e também a sua relação e desempenho a acompanhar os maiores fadistas portugueses de sempre.

Nas galerias do Parlamento esteve presente o filho do engenheiro e guitarrista, o musicólogo Rui Vieira Nery.

Raul Nery faleceu a 14 de Junho, aos 91 anos, na sua residência em Lisboa. Engenheiro de profissão, constituiu em 1959, o primeiro conjunto de guitarras de fado, formado por si e por José Fintes Rocha, Júlio Gomes e Joel Pina.

O guitarrista tinha sido condecorado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito, grau comendador, nas últimas comemorações do 10 de Junho.

Como instrumentista, Raul Nery, acompanhou todos os nomes de referência no fado até à década de 1980, entre eles Amália Rodrigues, Hermínia Silva, Maria Teresa de Noronha, Berta Cardoso, Fernando Farinha, Tristão da Silva, Tereza Tarouca, Tony de Matos, Alfredo Marceneiro, João Ferreira Rosa ou Teresa Silva Carvalho.

guitarrista fado Raul Nery Ordem de Mérito grau comendador voto de pesar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)