Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Artistas vão cobrar 'cachet' através das redes sociais

Plataformas digitais criam mecanismos para que criadores de conteúdos passem a receber por atuações.
Miguel Azevedo 29 de Abril de 2020 às 09:38
Diogo Piçarra
Salvador Sobral
Ana Bacalhau
Diogo Piçarra
Salvador Sobral
Ana Bacalhau
Diogo Piçarra
Salvador Sobral
Ana Bacalhau
Perante o ‘boom’ de transmissões ao vivo que se tem verificado no decorrer da atual crise sanitária e que obrigou milhões de pessoas em todo o Mundo a ficarem em casa, a rede social Facebook vai tornar possível, a todos aqueles que colocam conteúdos na sua plataforma, cobrar pelos vídeos ou transmissões em direto.

A medida vem de encontro a vários pedidos de sensibilização que vinham sendo encetados por artistas e entidades várias que argumentavam estar a permitir às redes sociais aumentarem o seu tráfego sem receberem nada em troca.

Com esta nova medida, se é verdade que os utilizadores podem continuar a encontrar facilmente os mais diferentes tipos de conteúdos como cursos, aulas de fitness, concertos ou conferências profissionais, também músicos, artistas, empreendedores, ativistas e criadores de conteúdos podem agora passar a receber uma espécie de cachet. O Facebook adicionará ainda um ‘botão’ de doação para transmissõe ao vivo para ajudar diferentes organizações sem fins lucrativos.

As boas-novas vão chegar também ao Instagram (propriedade do Facebook), que muito brevemente vai possibilitar aos seus utilizadores guardarem os vídeos (através do IGTV), que até agora só estavam acessíveis por um período de 24 horas, para poderem ser vistos a qualquer momento.

Atualmente, mais de 800 milhões de pessoas circulam diariamente pelo Facebook e Instagram live.
Mundo Instagram Facebook artes cultura e entretenimento Internet economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)