Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Banda 'Mão Morta' vai à festa da música urbana

12ª edição do festival Urban Routes decorre entre terça-feira e sábado, em Lisboa.
Ana Maria Ribeiro 22 de Outubro de 2018 às 01:30
Banda de Adolfo Luxúria Canibal é uma das atrações do Festival Urban Routes, mas o concerto já está esgotado
Mão Morta
Mão Morta
Banda de Adolfo Luxúria Canibal é uma das atrações do Festival Urban Routes, mas o concerto já está esgotado
Mão Morta
Mão Morta
Banda de Adolfo Luxúria Canibal é uma das atrações do Festival Urban Routes, mas o concerto já está esgotado
Mão Morta
Mão Morta
A banda Mão Morta, de Braga, é cabeça de cartaz da 12ª edição do festival Urban Routes, que arranca amanhã e se prolonga até sábado no espaço Musicbox, no Cais do Sodré, em Lisboa. O concerto do grupo de Adolfo Luxúria Canibal já está esgotado, mas Pedro Azevedo, programador do evento, quer esgotar todos os outros.

"No ano passado esgotámos cinco dias, em nove. Este ano, como acho que temos uma programação ainda melhor, quero chegar ao pleno: esgotar as oito sessões que temos agendadas para cinco dias, cada uma com pelo menos dois artistas."

Damien Jurado, Iceage, B Fachada, Keep Razors Sharp, Boogarins e Anna Prior estão entre os convidados para esta edição, reunidos numa festa de música urbana que, além dos concertos e das sessões de clubbing, contempla ainda seis lançamentos de discos. Entre eles, o primeiro EP de B Fachada, agora com novos arranjos (a nova edição em CD será lançada em breve).

"Estamos entusiasmados com o festival que, para mim, é o melhor de sempre", diz Pedro Azevedo. "O evento já teve vários formatos mas temos conseguido reinventar a fórmula e até já estamos a pensar na edição do ano que vem. Já há dois artistas apalavrados, mas não posso dizer quem..."

PORMENORES
Abre com Damien Jurado
O festival de música urbana arranca amanhã com concertos de de dois cantautores: o norte--americano Damien Jurado e o português Sean Riley.

Termina com Iceage
No sábado, a banda dinamarquesa Iceage regressa a Portugal (três anos depois de ter vindo a Paredes de Coura), com o disco ‘Beyondless’, o quarto.

Bilhetes dos 12 aos 22 euros
Os bilhetes para os espetáculos variam entre os 12 e os 22 euros, mas cada sessão inclui dois ou três artistas. Ingressos à venda nos locais habituais.
Ver comentários