Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Chris Brown acusado de drogar e violar mulher em iate

Rapper norte-americano já foi condenado a cinco anos de pena suspensa em 2009 por agredir a cantora Rihanna.
Correio da Manhã 28 de Janeiro de 2022 às 21:37
Chris Brown foi condenado por ter agredido a ex-namorada, a cantora Rihanna
Chris Brown foi condenado por ter agredido a ex-namorada, a cantora Rihanna
O rapper norte-americano Chris Brown está novamente envolvido num caso de agressão contra mulheres. Desta vez, o rapper é acusado de drogar e violar uma mulher num iate no dia 30 de dezembro de 2020 em Miami, na Flórida.

O processo foi aberto por um dançarino e músico profissional não identificado, que é nomeado apenas como 'Jane Doe' em documentos legais, avançou a BBC.

A mulher diz que foi convidada pelo música para um iate numa propriedade do rapper e produtor Diddy, onde o suposto incidente aconteceu. A alegada vítima afirma que "teme pela sua vida e carreira".

Nos documentos é relatado que Chris Brown lhe ofereceu bebidas depois de chegar e que ela terá sentido "uma mudança repentina e inexplicável de consciência". Acrescenta que ficou "desorientada, fisicamente instável e começou a dormir e acordar", antes de ser levada para o quarto onde Brown supostamente a despiu e a violou.
 

Consta ainda dos documentos que o rapper entrou em contato com a mulher no dia seguinte, dizendo-lhe para tomar um anticoncepcional de emergência.

Os documentos detalham cinco acusações separadas contra o cantor - agressão sexual, violação do Estatuto de Violência de Género, imposição intencional de sofrimento emocional, imposição negligente de sofrimento emocional e sequestro.

Recorde-se que o Chris Brown foi condenado a cinco anos de pena suspensa em 2009 por agredir a companheira, a cantora pop Rihanna. Além disso, em junho do ano passado o rapper foi acusado de agredir uma mulher em Los Angeles. 




Chris Brown Flórida Miami crime lei e justiça crimes sexuais música maus-tratos
Ver comentários