Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Crime e sexo sem tabus em 'Leviano'

José Fidalgo protagoniza cena de violação com Diana Marques Guerra. Gravações foram difíceis.
Carolina Pinto Ferreira 2 de Julho de 2018 às 01:30
Leviano
Leviano
Leviano
Leviano
Leviano
Leviano
A família Paixão. É ela a protagonista da história do filme 'Leviano', que chega na quinta-feira aos cinemas. As três irmãs, Adelaide (Diana Marques Guerra), Carolina (Alba Baptista) e Júlia (Mikaela Lupu), e a mãe, Anita (Anabela Teixeira), juntam-se para dar a entrevista mais esperada do ano. Nesta, revelam os acontecimentos que deram origem a um violento crime.

Mesmo antes da estreia, a primeira longa-metragem de Justin Amorim já fez correr muita tinta. As cenas de sexo, que incluem uma violação, masturbação e sexo em grupo, são alguns dos assuntos tabu retratos.

"Quis proteger os atores. Falámos bastante antes de gravar as cenas mais íntimas e percebi quais eram os limites de cada um. Quiseram todos fazer as cenas de forma bastante realista", revelou o realizador, que acredita que o público mais jovem se vai identificar com o filme. José Fidalgo protagoniza com Diana Marques Guerra uma das cenas mais delicadas: uma violação. O ator não esconde que as filmagens foram difíceis.

"Há sempre uma preocupação com o lado meticuloso e com a veracidade da cena. Até porque não são cenas moralmente aceitáveis", disse ao CM. O filme conta ainda com João Mota, Vítor Silva Costa, Pedro Barroso e Ruben Rua.
Ver comentários