Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Equipamentos culturais voltam a ter de encerrar no novo confinamento, anuncia Costa

Setor da Cultura volta a ter de fechar, à semelhança de março e abril do ano passado.
Lusa 13 de Janeiro de 2021 às 19:23
Cinema
Cinema FOTO: Getty Images
Os equipamentos culturais terão de encerrar a partir das 00:00 de sexta-feira, em Portugal Continental, no âmbito das medidas anunciadas hoje pelo Governo, para tentar conter a pandemia da covid-19.

Portugal vai "regressar ao dever de recolhimento domiciliário", a partir das 00h00 de sexta-feira, tal como em março e em abril, anunciou esta quarta-feira o primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, alertando para este ser, simultaneamente, o momento "mais perigoso, mas também um momento de maior esperança".

À semelhança do que aconteceu em março do ano passado, os equipamentos culturais voltam agora a ter de encerrar.

A paralisação da Cultura começou na segunda semana de março, depressa se estendeu a todas as áreas e, no final de 2020, entre "plano de desconfinamento" e estados de emergência, o setor somava perdas superiores a 70% em relação a 2019.

O primeiro-ministro reconheceu  que o setor da Cultura "tem-se queixado e com razão, porque é naturalmente atingido" pelo confinamento decretado, e remeteu para quinta-feira o anúncio de medidas de apoio.

Ver comentários