Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna

Artista proíbe uso de telemóveis nos espetáculos da sua digressão Madame X Tour.
Carolina Cunha 13 de Janeiro de 2020 às 08:41
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Madonna, Madame X
Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Madonna, Madame X
Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Euforia em Lisboa para aplaudir Madonna
Madonna, Madame X
Madonna
Este domingo à noite, em Lisboa, todos os caminhos iam dar ao Coliseu.

Nas horas que antecederam o espetáculo, integrado na digressão Madame X Tour, a baixa da capital encheu-se de fãs, de todas as nacionalidades, em êxtase para ver o primeiro dois oito concertos agendados para Portugal da diva da pop.

A expectativa era alta e o receio também, uma vez que Madonna, de 61 anos, chegou a cancelar sete datas nos Estados Unidos por motivos de saúde. Os atrasos, que em casos extremos atingiram as duas horas, também eram motivo de alarme. 

"Estou muito ansioso para ver a Madonna ao vivo e espero que ela cumpra a promessa que fez e fale português", disse ao CM um seguidor da artista, enquanto outro nos contava que, fã incondicional da rainha da pop, gastou cerca de três mil euros para ver todos os oito espetáculos da estrela em Portugal.

No arranque da digressão em Lisboa, Madonna proibiu a entrada da imprensa e o uso dos telemóveis foi restringido através de uma tecnologia especial.

A expectativa em torno dos artistas nacionais que iriam acompanhar a cantora em palco era enorme, uma vez que o disco ‘Madame X’ tem forte inspiração lusa, marcado pelas vivências de Madonna em Portugal desde 2017, e de amizades com artistas como Dino D’Santiago ou Celeste Rodrigues (o sobrinho-neto da fadista Gaspar Varela tem acompanhado a norte-americana na tour).

Madonna dará ainda mais sete concertos em Portugal, que se estendem até ao dia 23 de janeiro que serão vistos por mais de 22 mil pessoas, cerca de 2700 por noite. A rainha da pop chega a Portugal depois de 42 datas realizadas pelo território norte-americano da digressão Madame X que tem colecionado fãs por todo o mundo.

Trata-se de uma das maiores produções no Coliseu, onde os bilhetes podem ir dos 75€ aos 400€.

Rainha da pop proibiu os telemóveis na sala
Durante os espetáculos, Madonna restringiu a recolha de imagens e os fãs são obrigados a entregar os telemóveis à entrada do concerto.

Após a validação do bilhete, os dispositivos ficam dentro de estojos Yondr — uma bolsa de tecido concebida para limitar o uso destes dispositivos e que só se abre quando em contacto com estações de desbloqueio.

Os fãs só voltam a ter acesso aos dispositivos após o concerto.
Coliseu Lisboa Portugal Madonna artes cultura e entretenimento música ciência e tecnologia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)