Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Festa da sétima arte chega em novembro a Lisboa e Sintra

João Botelho será a figura nacional homenageada no evento, que decorre entre 16 e 25.
Wilma Tavares e Sónia Dias 18 de Setembro de 2018 às 01:30
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
O produtor Paulo Branco, ontem na apresentação do 12º Lisboa & Sintra Film Festival
A 12ª edição do LEFFEST - Lisboa & Sintra Film Festival, que regressa entre os dias 16 e 25 de novembro a vários espaços de Lisboa e de Sintra, irá homenagear o português João Botelho.  

Em conferência de imprensa, o produtor Paulo Branco, responsável pelo evento, disse que o realizador de ‘Peregrinação’ – filme indicado para as nomeações aos Óscares 2019 – será consagrado com "a mais completa retrospetiva da sua obra até à data, a primeira em Portugal".

Com o espetáculo "praticamente alinhavado", o destaque volta a ir para o corpo de jurados, que conta mais uma vez com alguns nomes reconhecidos do mundo da música e do cinema.

Entre eles está o realizador brasileiro Walter Salles (irá apresentar uma sessão especial que assinala o 20º aniversário do filme ‘Central do Brasil’, com o qual venceu o Urso de Ouro do Festival de Berlim, em 1998), os pianistas Martha Argerich e Stephen Kovacevich, o escritor e realizador Jonathan Littell, a cantora e atriz Chrysta Bell e o artista plástico Jorge Queiroz.

João Botelho não é o único realizador homenageado no festival deste ano. David Lynch contará com duas exposições a ele dedicadas, assim como uma retrospetiva do seu trabalho e a apresentação do livro ‘Espaço Para Sonhar’.

O britânico Mike Leigh, o americano Paul Schrader, o italiano Mario Martone e o cazaque Darezhan Omirbayev também serão alvo de retrospetivas que vão desde a década de 70 ao presente.
Ver comentários