Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Festa do Rock aplaude Zé Pedro dos Xutos

Super Bock Super Rock arrancou da melhor forma, com um tributo ao músico.
Ana Maria Ribeiro 20 de Julho de 2018 às 01:30
Carlão na homenagem a Zé Pedro no Super Bock Super Rock
Os Temples no festival Super Bock Super Rock
Os Parkinsons no festival Super Bock Super Rock
Os Parcels no festival Super Bock Super Rock
Carlão na homenagem a Zé Pedro no Super Bock Super Rock
Os Temples no festival Super Bock Super Rock
Os Parkinsons no festival Super Bock Super Rock
Os Parcels no festival Super Bock Super Rock
Carlão na homenagem a Zé Pedro no Super Bock Super Rock
Os Temples no festival Super Bock Super Rock
Os Parkinsons no festival Super Bock Super Rock
Os Parcels no festival Super Bock Super Rock
Arrancou da melhor forma, às oito da noite de ontem, com uma sentida homenagem a Zé Pedro, mais uma edição do Super Bock Super Rock (SBSR), que decorre no Parque das Nações, em Lisboa, até sábado. Sob o título ‘Who the F*** is Zé Pedro?’ (qualquer coisa como ‘Quem diabo é o Zé Pedro?’), o tributo juntou artistas de vários géneros aos Xutos & Pontapés e a familiares dos membros da banda para cantarem clássicos do grupo.

O concerto arrancou com ‘Submissão’ (por Tó Trips) e continuou com a canção preferida de Zé Pedro, que nos deixou em novembro do ano passado: ‘London Calling’, dos Clash. Daí em diante foi uma sucessão de clássicos dos Xutos, como ‘Morte Lenta’ (tocada por Tomás Wallenstein), ‘Este Mundo é Teu’ (interpretada por Carlão) ou ‘Amor com Paixão’ (na voz de Manuela Azevedo). Já o sol se tinha posto quando chegaram os restantes convidados para o primeiro dia da edição deste ano do SBSR: The XX e, madrugada adentro, Justice.

O dia de hoje traz uma surpresa: Slow J vai convidar Richie Campbell para cantar, no primeiro concerto do palco principal, marcado para as 20h00. A noite prossegue com Anderson Paak & The Free Nationals e termina com Travis Scott.
Ver comentários