Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

‘Hannah Montana’ arrasta famílias

Roupa justa e ar atrevido. Miley Cyrus subiu ao palco na hora marcada e levou o público ao rubro, mostrando que quer dar cartas como adulta, ainda que as crianças dominassem a plateia. Em registo possante e arrojado, a artista cantou, ainda assim, os êxitos que a tornaram uma estrela global. ‘7 Things’ e ‘Party in USA.’ "Não consigo pensar num lugar melhor para estar esta noite senão aqui", disse ao fim das primeiras músicas.
30 de Maio de 2010 às 00:30
‘Hannah Montana’ mostrou em palco que já é crescida
‘Hannah Montana’ mostrou em palco que já é crescida FOTO: Mariline Alves

A ‘Cidade do Rock’ tornou-se ontem uma ‘Disneyrock’, por força da cantora de 17 anos que arrastou até ao início da noite 65 mil pessoas, a grande maioria jovens de todo o País. E com eles os pais, muitos dos quais gastaram uma 'pequena fortuna' para satisfazer o desejo dos filhos.

Foi o caso da família Borges, que chegou de Almada com a filha Bárbara, de dez anos. A petiz de olhos verdes faz a estreia no evento e a culpa só podia ser de Cyrus: 'Gosto dela porque é bonita e canta bem', sublinhou ao CM.

Ao lado, deitado no chão, o pai aproveitou a tarde para descansar enquanto pôde. Já a mãe não hesitou em referir que a jornada de ontem ficou 'um pouco cara'. 'São três bilhetes a 58 euros, mais as águas a dois, mais o que tiver de ser. Nesta altura privamo-nos destas coisas, mas por eles fazemos tudo, não é?', interrogou-se.

Alheios à crise estiveram também duas famílias que partiram de manhã cedo de Famalicão com as pequenas Inês e Margarida, ambas de dez anos. 'Felizmente comprámos os bilhetes numa promoção, a 30 euros, mas o que se gasta aqui é uma pequena fortuna. Já foram mais 30 euros numa t-shirt, as águas... e ainda vamos ficar aqui a dormir em Lisboa, num hotel. Está-se a ver em quanto é que isto vai ficar', lançou a tia da Inês.

Os milhares de fãs que viram em palco uma ‘Hannah Montana’ crescida exibiram cartazes com frases de apoio. 'Quando for grande quero ser como ela, cantora e actriz', disse Carolina, de 11 anos.

CONCERTO MAIS SEXUAL DOS D'ZRT

Em 2006 provocaram a maior enchente de sempre do Rock in Rio, mas ontem os D’ZRT já não arrastaram tanta gente. Apesar disso, Angélico, Cifrão e companhia reuniram uma plateia considerável logo a meio da tarde. As fãs cresceram , o grupo amadureceu e, no Palco Mundo, apresentam-se com um espectáculo mais sexual. De tronco nu e tatuagens à mostra, apostaram nas danças pélvicas pa-ra delírio do sexo feminino. Na plateia havia cartazes de apoio ao grupo. 'Cifrão, és a essência da minha vida', dizia um deles. Do alinhamento destacaram-se as canções ‘Enquanto Não Vencer’, ‘Caminho a Seguir’, ‘Verão Azul’ e ‘Feeling’, com direito a apresentação dupla. O palco aqueceu cedo, para gáudio dos jovens fãs.

PORMENORES

ESTRELA COM 18 MÚSICAS

Miley Cyrus cantou ontem um total de 18 músicas e começou desde logo pelo tema ‘Can’t Be Tamed’, que dá nome ao próximo disco da artista, a ser lançado já em Junho.

50 FÃS COM SORTE

A organização permitiu ontem que 50 dos jovens fãs de ‘Hannah Montana’ conhecessem a cantora ao vivo. O encontro foi repleto de emoções e autógrafos.

EXIGÊNCIAS DE ESTRELA

Apesar de ter apenas 17 anos, Miley Cyrus é já uma grande estrela mediática. Como tal, fez também exigências à equipa do Rock in Rio: a cantora pediu água vulcânica no seu camarim.

GASTOS EM LINGERIE

Cyrus foi recentemente notícia por ter gasto 2400 euros em peças íntimas, numa só tarde, numa loja de lingerie de Los Angeles.

MACDONALD TRAZ MUITA SIMPATIA

Antes da grande atracção da noite, Amy MacDonald conseguiu agradar ao público com alguns temas mais fortes. Agradeceu o carinho do povo português e tratou de embalar os fãs com a sua pop mesclada de folk, sempre marcada pela simpatia. A interpretação de ‘Born to Run’, clássico de Bruce Springsteen, impressionou. Seguiram-se os McFly, que se estrearam em palcos nacionais, com mais ritmo e canções apelativas, como ‘One for the Radio’ ou ‘Corrupted’.

MUITAS NOVIDADES PARA SERÃO DE HOJE COM RAMMSTEIN

Os alemães Rammstein são os cabeças-de-cartaz para esta noite, a mais barulhenta do festival no Parque da Bela Vista. Porém, antes de ouvirem a banda que no final do ano passado esgotou o Pavilhão Atlântico, os fãs do heavy metal têm ainda a possibilidade de assistir, no Palco Mundo, às actuações de Soulfly, Motörhead e Megadeth, que na bagagem trazem o último disco ‘Endgame’.

Destaque também para o Palco Sunset, onde James Lomenzo, ex--baixista dos Megadeth, irá ocupar o lugar do falecido Paul Gray, que deveria actuar com os Hail.

Outra das novidades será a apresentação de Joana, a nova vocalista do grupo português Fingertips. Momento inédito será ainda a participação de Rui Veloso num concerto de heavy metal, a convite dos More Than A Thousand.

NOTAS

ÍDOLO: MADRUGADORES

A ‘febre Hannah Montana’ foi de tal monta que às 04h30 de ontem já havia perto de 300 fãs à porta do Parque da Bela Vista

FÃS: MILEY VS HANNAH

Apesar da confusão entre Miley Cyrus e Hannah Montana, 83% disseram que preferem a cantora e só depois a figura da Disney

 

 

Ver comentários