Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Leffest: o melhor do cinema mundial em Lisboa e Sintra

Festival arranca esta sexta-feira e decorre até dia 25, após ter sido prolongado por mais três dias.
Sónia Dias 13 de Novembro de 2020 às 08:44
A carregar o vídeo ...
Festival arrancou esta sexta-feira e decorre até dia 25, após ter sido prolongado por mais três dias.
Estes são tempos que obrigam a repensarmo-nos e a lutar contra a desconfiança. E este festival vai existir através desta reflexão.” As palavras são do produtor Paulo Branco, a propósito da apresentação da 14ª edição do Lisbon & Sintra Film Festival (Leffest), que arranca esta sexta-feira e decorre até dia 25 no Cinema Medeia Nimas e no Teatro Tivoli, Lisboa, e no Centro Cultural Olga Cadaval, Sintra (bilhetes a partir de 5 €).

Do cartaz deste ano destacam-se as estreias de ‘Nomadland’ (Leão de Ouro em Veneza), de Chloé Zhao; ‘There Is no Evil’ (Urso de Ouro em Berlim), de Mohammad Rasoulof; ‘Beginning’ (Concha de Ouro em San Sebastián), de Dea Kulumbegashvili. Serão ainda exibidos ‘Rifkin’s Festival’, de Woody Allen, e ‘The Human Voice’, curta-metragem de Pedro Almodóvar, com Tilda Swinton, ‘Siberia’, de Abel Ferrara, e ‘Falling’, de Viggo Mortensen.

“A organização desta edição teve de ultrapassar vários obstáculos. A sombra da pandemia acabou por nos trazer algumas limitações, mas nunca colocámos em causa a realização do festival”, afirma o diretor do Leffest, Paulo Branco, acrescentando que as novas medidas de contenção da pandemia da Covid-19 levaram-no a prolongar o evento por mais três dias (23, 24 e 25).

Além do cinema, o certame também vai contar com música. Salvador Sobral apresenta no Tivoli, dia 19, um concerto dedicado à música mexicana e a cerimónia de entrega dos prémios conta com a atuação da Orquestra Municipal de Sintra.

A concurso vão estar os filmes ‘Dear Comrades!’ (Andrei Konchalovsky), ‘Effacer L’Historique’ (Benoît Delépine), ‘In the Dusk’ (Sharunas Bartas), ‘Malmkrog’ (Cristi Puiu), ‘Orphea’ (Alexander Kluge), ‘Sportin’ Life’ (Abel Ferrara), ‘The Best Is yet to Come’ (Jing Wang), ‘The Disciple’ (Chaitanya Tamane), ‘The World to Come’ (Mona Fastvold), ‘Un Soupçon d’Amour’ (Paul Vecchiali), e ‘Undine’ (Christian Petzold).

pormenores
Pandemia e Sintra
Evento terá um simpósio sobre ‘As Artes e o Público no Mundo Pós-Pandemia’ (14 e 15 no Tivoli) e outro sobre 25 anos de Sintra como Património da Unesco (21 e 22 no Olga Cadaval).

Peter Handke no júri
O Nobel da Literatura de 2019 junta-se a Frédéric Bonnaud, Gabriel Abrantes, Neville Wakefield e Cecilia Bengolea no júri.

Homenagens
O Leffest presta homenagem a Paul Thomas Anderson, exibindo oito das suas obras, e apresenta cinco filmes de Wong Kar-wai em cópias restauradas.
Ver comentários