Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Mar de gente no primeiro dia do NOS Alive

The Weeknd e The XX eram os espetáculos mais aguardados pelos festivaleiros.
Pedro Rodrigues Santos 7 de Julho de 2017 às 01:30
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Miguel Araújo
Miguel Araújo
Miguel Araújo
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Miguel Araújo
Miguel Araújo
Miguel Araújo
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Atuação da banda Alt-J
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Os The xx durante concerto
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Alt-J em atuação em Algés
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Os Phoenix em concerto no NOS Alive
Miguel Araújo
Miguel Araújo
Miguel Araújo
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
A banda portuguesa You Can't Win Charlie Brown
Primeiro dia do NOS Alive e a enchente que se previa confirmou-se em pleno, mal as portas abriram às 15h00, ou não estivesse o festival esgotado há mais de dois meses.

Apesar da entrada no recinto não ter sido tão rápida como em anos anteriores, devido à exaustiva revista a que as pessoas foram sujeitas, cedo milhares de pessoas começaram a ouvir os primeiros concertos, como o espetáculo dos portugueses You Can’t Win, Charlie Brown e dos britânicos Alt-J.

No palco secundário, os Rhye deliciavam o público com um concerto cheio de sentimento, enquanto na tenda Clubbing o movimento era mais escasso para ver Wack e Niles Mavis.

"É a primeira vez que venho ao NOS Alive. O ambiente está fantástico, muito mais descontraído do que a outros festivais que já fui", confessou ao CM Daniela Ferreira, que viajou de Arraiolos até ao Passeio Marítimo de Algés. Tal como a maioria dos 55 mil festivaleiros, The Weeknd e The XX eram as bandas que a enfermeira mais queria ver. Mas antes, foram os franceses Phoenix que com as canções do álbum ‘Ti Amo’ aqueceram os milhares de almas presentes no recinto.
Ver comentários