Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Morreu o escritor John le Carré, autor de êxitos como ‘O Fiel Jardineiro’ ou ‘O Espião que Saiu do Frio’

Autor de alguns dos mais famosos policiais do mundo morreu aos 89 anos.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 13 de Dezembro de 2020 às 22:09
Morreu o escritor britânico John le Carré. O autor de alguns dos mais famosos policiais dos últimos anos morreu este sábado aos 89 anos na Cornualha, no sul da Inglaterra. A notícia foi dada pelo seu agente publicitário este domingo. "Um gigante indisputado da Literatura Inglesa... Os nossos corações estão com os seus quatro filhos, as famílias e a sua querida mulher, Jane", disse o agente e amigo de longa data Jonny Geller ao The Guardian.

O inglês é autor de êxitos como 'O Espião que Saiu do Frio', 'Um Espião Perfeito', 'O Fiel Jardineiro', 'A Toupeira'. O último romance publicado em Portugal do autor foi 'Um Legado de Espiões', em 2017.

John le Carré, nascido David Cornwell em 1931, começou a trabalhar nos serviços secretos ingleses depois do final da II Guerra Mundial, no período da Guerra Fria, enquanto estudava alemão na Suíça. Fpoi professor na Universidade de Eton antes de assumir funções de recrutamento de espiões para o MI5. Inspirado pelo colega John Bingham, começou a publicar policias de espiões  sob o pseudónimo John le Carré, contra conselho da editora. O primeiro romance, 'Uma Chamada para a Morte' foi lançado em 1961.

"É com grande tristeza que devo anunciar que David Cornwell, conhecido em todo o mundo como John le Carré, morreu, após uma breve doença (não relacionada a Covid-19) na Cornualha na noite de sábado, 12 de dezembro de 2020. Ele tinha 89 anos.", disse em comunicado o diretor da agência do autor, a Curtis Brown.

Ver comentários