Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Músicas do Mundo quer 100 mil pessoas

Festa da Costa Alentejana chega à 20ª edição com 59 espetáculos de “sonoridades diferentes”.
Ana Maria Ribeiro 17 de Julho de 2018 às 01:30
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
Aldina Duarte abre o festival Músicas do Mundo na quinta-feira, dia 19, com um concerto em Porto Covo
A fadista portuguesa Aldina Duarte abre, nesta quarta-feira, o festival Músicas do Mundo, que nesta 20ª edição espera uma afluência de cem mil visitantes em Sines.

O presidente da câmara, Nuno Mascarenhas, diz que o número não só é possível como também provável, dado o prestígio que o evento tem granjeado ao longo dos anos. "O festival tem criado um público cada vez mais jovem e fiel, interessado em ouvir sonoridades diferentes, que é difícil conseguir ouvir noutros lados do País..."

Além disso, o autarca lembra que há um interesse turístico crescente pela Costa Alentejana. Com 59 concertos agendados – mais atividades paralelas, entre as quais uma feira do livro e ateliês para crianças – Nuno Mascarenhas só não revela o orçamento desta edição.

O festival, que já chegou a custar um milhão de euros, tem-se cifrado nos últimos anos entre os 700 e os 800 mil euros, mas o autarca diz que é natural que vá um pouco além disso.

"Temos mais um dia de programação em Porto Covo e um investimento adicional no campismo – para acolhermos melhor os festivaleiros. De qualquer forma este é um festival que cobre grande parte das suas despesas com patrocínios e receitas próprias. É quase autossustentável."

PORMENORES 
Concertos de entrada livre
Os concertos em Porto Covo e nos palcos da Av. Vasco da Gama e do largo Poeta Bocage, bem como os de fim de tarde no Castelo, são gratuitos.

Entradas pagas
Os espetáculos à noite no Castelo custam entre 10 e 20 euros e os do Centro de Artes custam 5 euros (de 25 a 28) e 10 euros (nos dias 23 e 24).

Também há passes
O passe para dois dias do festival Músicas do Mundo (27 e 28) custa 30 euros; enquanto o passe para quatro dias (de 25 a 28 de julho) custa 50 euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)