Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Paulo Branco faz balanço positivo do LEFFEST

Filme chinês venceu o galardão mais cobiçado do festival, numa edição que distinguiu também Abel Ferrara.
Ana Maria Ribeiro 25 de Novembro de 2019 às 08:35
Paulo Branco
Diretor do LEFFEST, Paulo Branco
Paulo Branco
Diretor do LEFFEST, Paulo Branco
Paulo Branco
Diretor do LEFFEST, Paulo Branco
O LEFFEST - Lisbon & Sintra Film Festival terminou este domingo, com o filme ‘Balloon’, do chinês Pema Tseden, a levar para casa o Prémio de Melhor Filme, mas o diretor do evento, Paulo Branco, já está a pensar na edição do ano que vem. Que será, garante, "ainda melhor do que a deste ano".

"Tivemos uma seleção muito boa de filmes, que esgotaram várias salas - e estamos a falar de 1500 lugares - mas o sucesso deste LEFFEST deve-se a outros fatores", diz Paulo Branco. "A programação paralela, de música e teatro, chamou a atenção, as masterclasses foram um sucesso... Acho que não há nenhum festival de cinema no Mundo que tenha tantos realizadores convidados como nós", acrescenta o responsável.

"Muito satisfeito" com a adesão do público - "que, embora ainda não haja números definitivos, superou claramente edições anteriores" -, Paulo Branco diz ainda que, "felizmente", o LEFFEST já ultrapassou a fase de ter um público-tipo.

"Há toda a espécie de espectadores nas nossas salas: desde os jovens estudantes aos cinéfilos mais antigos, passando pelo público que chega atraído por um determinado tipo de temática. Somos um festival para todos."

Este domingo, além de ‘Balloon’, foi ainda anunciado como vencedor o filme ‘Tommaso’, de Abel Ferrara (Grande Prémio do Júri João Bénard da Costa). As atrizes Viktoria Miroshnichenko e Vasilisa Perelygina e o realizador Grear Patterson foram distinguidos com um Prémio Especial do Júri.
Pema Tseden Paulo Branco LEFFEST artes cultura e entretenimento cinema
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)