Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Piratas em DVD vendem 5 milhões

Logo no dia em que foi colocada à venda nos Estados Unidos, a versão em DVD de ‘Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto’ vendeu cinco milhões de cópias, prevendo-se um belíssimo Natal para a produtora Walt Disney.
10 de Dezembro de 2006 às 00:00
Johnny Depp é ‘Jack Sparrow’, o pirata dos três filmes da série
Johnny Depp é ‘Jack Sparrow’, o pirata dos três filmes da série FOTO: d.r.
O DVD foi lançado em duas versões: simples e edição especial de coleccionador com dois discos com diversos extras, como o perfil do pirata ‘Jack Sparrow’ (Johnny Depp), os comentários dos argumentistas, a pré-produção e um diário, em forma de fotografias, do famosíssimo produtor Jerry Bruckheimer.
De acordo com os números avançados pela Disney, ‘O Cofre do Homem Morto’ arrisca-se a tirar ao primeiro filme da série (‘A Maldição da Pérola Negra’, que vendeu 16 milhões de cópias) o título de DVD mais vendido de longas-metragens reais, ou seja, com actores de carne e osso. Isto porque, no que à animação diz respeito, ‘À Procura de Nemo’ continua imbatível no primeiro lugar com 27 milhões de cópias.
Números simpáticos para os ‘Piratas’, que se somam aos mil milhões de dólares (750 mil milhões de euros) arrecadados na receita de bilheteira mundial.
Para além desta sequela, a Disney está na liderança dos DVD mais vendidos do ano com ‘Cars’, que já ‘despachou’ 13 milhões de cópias desde que foi posto à venda a 17 de Novembro, e ‘As Crónicas de Narnia: O Leão, A Bruxa e o Guarda-Roupa’ que, desde o lançamento a 4 de Abril, vendeu 12 milhões.
Entretanto, está marcada para 25 de Maio de 2007, a estreia da terceira aventura de ‘Sparrow’, ‘Pirates of the Caribean: At World’s End’, que mantém a mesma equipa: o realizador Gore Verbinski, os argumentistas Ted Elliot e Terry Rossio e o quarteto de protagonistas (Johnny Depp, Orlando Bloom, Keira Knightley e Geoffrey Rush), mas que traz como convidado especial Keith Richards, o guitarrista dos Rolling Stones no papel de pai de Depp.
Apesar de terem tido início ainda antes de o argumento estar pronto e em simultâneo com as do segundo filme, as filmagens de ‘At World’s End’ demoraram apenas quatro dos 19 dias inicialmente previstos.
Tudo se passou na última semana de Agosto na costa californiana e, nos intervalos, os actores ainda tiveram tempo para confraternizar com os fãs que apareciam nos cais de Palos Verdes e Redondo, onde a ‘Pérola Negra’ estava ancorada.
Ver comentários