Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Portugal recupera os clássicos 'drive-in'

Comic Con organiza sessões de cinema gratuitas a partir da primeira semana de junho.
Sónia Dias 31 de Maio de 2020 às 09:20
'Drive-in'
'Drive-in' FOTO: Direitos Reservados
O clássicos drive-in, que tanto sucesso tiveram nos Estados Unidos entre as décadas de 20 e 60 do século XX, estão de volta. É com uma certa nostalgia que Portugal recupera esta moda de assistir a sessões de cinema ou espetáculos ao vivo no conforto dos seus automóveis, o que permite manter a distância social exigida nos tempos que correm.

É já amanhã que arranca o Drive-in Comic Con Portugal Sessions. As sessões de cinema decorrem de 1 a 7 de junho, a partir das 20h00, no Jardim Municipal de Oeiras. Na sexta-feira e no sábado haverá sessões duplas. Trata-se de um evento gratuito, sujeito a reserva (através do site), dirigido a todas as idades e que começa com o filme ‘O Meu Espião’, de Peter Segal. Seguem-se ‘Era uma vez em... Hollywood’ (dia 2), de Quentin Tarantino; ‘Parasitas’ (3), de Bong Joon-ho; ‘It 2’ (4); ‘La La Land’ e ‘Brightburn: O Filho do Mal’ (5), ‘Homem-Aranha: Longe de Casa’ e ‘John Wick 3’ (6), e ‘After’ (7).

A Fábrica Braço de Prata, em Lisboa, vai continuar a realizar durante o mês de junho concertos em drive-in, todas as quintas-feiras, com jantar encomendado por telefone e servido à janela de cada carro. Já Ansião (Leiria) continuará a apostar nos concertos num parque de estacionamento com capacidade para 70 viaturas. Depois do sucesso de Pedro Abrunhosa, que esgotou, será a vez do humorista Nilton (dia 6) e do mágico Luís de Matos (dias 5, esgotado, 10, 13, 18, 20, 25 e 27) subirem ao palco.
Portugal Estados Unidos artes cultura e entretenimento música drive-in
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)