Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

SPA relembra "figura central" de Tozé Martinho enquanto argumentista e ator

Ator português morreu este domingo aos 72 anos.
Lusa 17 de Fevereiro de 2020 às 19:23
Tozé Martinho
Tozé Martinho FOTO: Pedro Catarino
O ator e argumentista Tozé Martinho, que morreu no domingo, "foi uma figura central como argumentista, como ator e como organizador de projetos junto das grandes produtoras" televisivas, assinalou esta segunda-feira a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Em comunicado, a SPA "manifesta o seu pesar" pela morte de Tozé Martinho, aos 72 anos, e traça a sua carreira, referindo que "enriqueceu, com o seu trabalho como argumentista", a "indústria da telenovela em Portugal".

A sua ligação à SPA data de 1984, como beneficiário, e, como cooperador, de 16 de janeiro de 1992.

Tozé Martinho é autor do livro "Dá-me Apenas um Beijo" e foi argumentista e ator com "papel preponderante em novelas como 'O Tempo e o Mundo', 'Amanhecer', 'Dei-te Quase Tudo', 'A Outra', 'Sentimentos e "Louco Amor'".

A cooperativa de autores refere alguns dos filmes estrangeiros, em que participou como "Guerrillera", de Pierre Kast, "Le Cercle de Passions", de Claude d'Ana, "Contrainte par Corps", de Serge Leroy, "Tricheur", de Barbet Shroeder, e também em "Sem Sombra de Pecado", de José Fonseca e Costa.

A SPA afirma que "os problemas de mobilidade de Tozé Martinho levaram mesmo a cooperativa a investir nos equipamentos necessários para uma melhor acessibilidade dos autores com limitações físicas e em particular para o acesso aos elevadores e a vários serviços fundamentais".

O funeral de Tozé Martinho realiza-se na terça-feira ao início da tarde, após a celebração de uma missa de corpo presente, às 14h00, na Igreja da Ressurreição, em Cascais, disse hoje à agência Lusa fonte da família.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)