Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Teatro Maria Matos entregue a privados

Decisão tinha sido tomada em 2018, mas a empresa que ficou em segundo lugar no concurso tinha impugnado.
Miguel Azevedo 26 de Junho de 2020 às 08:52
Teatro Maria Matos estava até agora nas mãos da EGEAC. Dia 15 de julho abre com novos ‘donos’
Teatro Maria Matos estava até agora nas mãos da EGEAC. Dia 15 de julho abre com novos ‘donos’ FOTO: Mariline Alves
O histórico Teatro Maria Matos, em Lisboa, inaugurado no final de 1969 e municipalizado em 1982, vai passar a ser explorado por uma empresa privada por um período de pelo menos cinco anos, com reabertura já agendada para o próximo dia 15 de julho.

A Câmara Municipal, através da EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural) entregou o arrendamento do espaço nas mãos da produtora Força de Produção, empresa que nos últimos três anos já explorava o Teatro Villaret e que desde a sua formação, em 2015, tem-se dedicado à produção teatral e musical com mais de 2100 espetáculos realizados dentro e fora de Portugal.

Segundo o CM apurou a Força de Produção tinha sido anunciada como vencedora do concurso público em 2018, mas a decisão havia sido impugnada pela empresa que ficou em segundo lugar, a Yellow Star, que só no início deste ano desistiu da ação. A abertura do Maria Matos sob a chancela dos novos ‘donos’ chegou a estar anunciada para abril deste ano, mas a crise pandémica acabou por voltar a adiar a nova vida da emblemática sala de espetáculos lisboeta.

Com o eixo central no teatro, a programação que contemplará também a música e as artes performativas arranca dia 15 com o espetáculo ‘Avenida Q’, em cena até novembro (de quarta-feira a domingo). Entre os vários concertos já agendados, dia 20 de julho tocam os Clã, dia 4 de agosto apresenta-se Afonso Cabral, e dias 11 e 12 desse mês Salvador Sobral. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)