Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Veja a lista das 20 canções e intérpretes a concurso no Festival da Canção

Aurea e Os Azeitonas também estão a concurso.
Lusa 21 de Janeiro de 2022 às 13:51
Áurea
Áurea FOTO: Direitos Reservados
A final do Festival da Canção vai acontecer no dia 12 de março, nos estúdios da RTP, em Lisboa, à semelhança do ano passado, anunciou esta sexta-feira a televisão pública.

O modelo do concurso, organizado por esta estação, será "ligeiramente diferente" visto que as duas semifinais, nos dias 05 e 07 de março, e a final, em 12 de março, "irão acontecer na mesma semana", referiu o diretor de programas da RTP, José Fragoso, em conferência de imprensa.

Este ano, à semelhança do ano passado, a final do Festival da Canção irá realizar-se em estúdio, como acontece com as semifinais, depois de em anos anteriores ter decorrido em Elvas (2020), Portimão (2019) e Guimarães (2018).

O Festival da Canção 2022 será disputado por 20 temas "muito diversificados", de acordo com Gonçalo Madaíl, da direção de programas da estação pública.

Segundo Gonçalo Madaíl, os autores entregaram temas que refletem "o que costumam fazer", não tendo havido tentativas de "adaptar canções ao festival".

"Isso traz mais verdade artística, que é a nossa preocupação. Estão cá pelo que fazem, pelo que costumam fazer e isso faz toda a diferença", disse.

Os nomes dos intérpretes dos 20 temas, que irão disputar este ano o concurso, foram hoje revelados, com vários compositores a optarem por cantar as suas criações.

Na primeira semifinal competem: "Why?" (tema composto e interpretado por Aurea), "Povo pequenino" (Fado Bicho), "Como é bom esperar alguém" (FF), "Ginger Ale" (tema composto por Joana Espadinha e interpretado por Diana Castro), "A minha praia" (Kumpania Algazarra), "Saudade saudade" (Maro), "Hope" (Norton), "Calisun" (The Mister Driver), "Amanhã" (Tiago Nogueira/Os Quatro e Meia) e "Odisseia" (Valas/Valas & Os Astronautas).

Na segunda semifinal irão competir: "Corpo de Mulher (Agir/Milhanas), "Mar no fim" (Blacci), "Uma mensagem tua (Cubita), "Dégrá.Dê" (DJ Marfox/Pongo e Tristany), "Pontas Soltas" (Fábia Rebordão/Jonas), "Solta a voz e canta" (Os Azeitonas), "Fome de viagem" (Pedro Marques/Inês Homem de Melo), "Código 30" (Pepperoni Passion), "Ao lado de mim" (PZ/O Vampiro Submarino) e "Ainda nos temos" (Syro).

Em cada semifinal serão escolhidas cinco canções para passarem à final.

Nas semifinais, o peso das votações será repartido entre os espectadores e um júri cujos elementos foram escolhidos pela RTP.

Na final, as votações do júri serão feitas por representantes de sete regiões de Portugal Continental e ilhas.

Em caso de empate, nas semifinais prevalece a escolha do júri e, na final, a do público.

O vencedor do Festival da Canção irá representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, marcado para maio, em Turim, Itália.

Dos 20 compositores participantes na edição deste ano, 16 foram convidados pela RTP e quatro (Pedro Marques, Pepperoni Passion, The Mister Driver e Tiago Nogueira, de Os Quatro e Meia) foram escolhidos através de concurso.

Os temas a concurso já podem ser ouvidos no canal de Youtube do Festival da Canção.

A canção "Love is on my side", composta por Tatanka e interpretada pelos The Black Mamba, venceu no ano passado o Festival da Canção, tendo representado Portugal no Festival Eurovisão da Canção, que decorreu em Roterdão, nos Países Baixos

Ver comentários