Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Vinho, surf e rock & roll ao serão

"Nunca toquei para tanta gente a solo, mas com vocês aqui não me sinto sozinho." A frase foi lida em língua portuguesa numa cábula, onde trouxe frases preparadas. Eddie Vedder, carismático líder dos Pearl Jam, conquistou, logo a partir do primeiro minuto da actuação, os 32 mil festivaleiros no serão de anteontem do Sudoeste TMN, na Zambujeira do Mar.
5 de Agosto de 2012 às 01:00
Vedder deu um ‘one man show’, bebeu vinho da Cartuxa e pôs a plateia ao rubro
Vedder deu um ‘one man show’, bebeu vinho da Cartuxa e pôs a plateia ao rubro FOTO: Luis Guerreiro

Entre tragos de vinho alentejano da Cartuxa – bebido do gargalo – e os acordes do ‘ukelele’, da viola ou da guitarra eléctrica, Vedder deu uma verdadeira lição (por exemplo a Ben Harper...) de como ser um ‘one man show’. Durante mais de duas horas, com direito a dois encores e a um magnífico dueto com Glen Hensard ao som de ‘Society’ – retirado da banda sonora de ‘O Lado Selvagem’ –, Vedder não parou de apelar à luta pela liberdade. Incluiu até uma mensagem de apoio ao Ribeira Surf Camp da Ericeira, local que o músico visita quando faz surf na costa portuguesa, e cujo dono enfrenta um processo de expropriação.

No entanto, foi quando entoou temas da sua banda que o público se empolgou – casos de ‘Wishlist’ ‘Just Breathe’, ‘Wishlist’, ‘Better Man’ e ‘Last Kiss’, que levaram à loucura os que não conseguiram arredar pé da frente do palco. O cantor arriscou ainda e bem em ‘You’ve Got to Hide Your Love Away’, dos The Beatles, ‘Open All Night’, de Bruce Springsteen, e o hino de várias gerações ‘Rockin’ in the Free World’, de Neil Young. A actuação foi apenas manchada por uma falha técnica que cortou o som por 20 segundos, nos quais se ouviu mais alto a plateia.

Já ontem coube aos porto-riquenhos Calle 13 abrir as hostilidades. Reivindicativos, começaram por fazer uma festa que tomou outras proporções com a entrada dos The Ting Tings. O duo britânico de indie-rock pôs toda a gente a cantar ‘That’s Not My Name’. Porém, as expectativas estavam mais altas para os Xutos & Pontapés e para o hip--hop, soul e funk dos The Roots.

Hoje, último dia de concertos, cabe a Jessie J e ao DJ francês David Guetta fecharem a festa.

FESTIVAL SUDOESTE MÚSICA EDDIE VEDDER ZAMBUJEIRA DO MAR
Ver comentários